mestrado em neurociencia erasmus

NEURASMUS: mestrado em neurociência na Europa e no Canadá

O NEURASMUS é um mestrado em neurociência com tudo pago na Europa no formato Erasmus Mundus Joint Master (EMJM). O curso prevê mobilidade em pelo menos duas universidades e bolsa integral para uma parte dos estudantes. As inscrições podem ser feitas até 1 de dezembro.

O programa tem duração de dois anos e propõe uma abordagem interdisciplinar das funções e dos problemas cerebrais. Ele oferece um treinamento em tecnologias de ponta relacionadas aos principais tópicos de pesquisa da área.

>>> Mestrado com bolsa na Europa: melhores oportunidades

Como funciona o Neurasmus do Erasmus Mundus

O consórcio responsável pelo mestrado em neurociência é formado por seis universidades de cinco países diferentes:

  • Vrije Universiteit Amsterdam, Holanda;
  • Universidade de Bordeaux, França;
  • Charité Universitätsmedizin Berlin, Alemanha;
  • Universidade Laval, Canadá;
  • Universidade de Coimbra, Portugal;
  • Universidade de Göttingen; Alemanha.

O primeiro ano do curso é voltado à introdução dos fundamentos da neurociência. Enquanto no segundo, o aluno irá escolher qual especialização deseja seguir.

Tanto os primeiros quanto os últimos semestres podem ser feitos em diferentes instituições. Isso significa que há pelo menos seis percursos de mobilidade com combinações distintas de universidades.

O programa inclui cursos intensivos de pelo menos duas línguas europeias, entre elas: holandês, alemão e francês.

>>> Visto de estudante deixa trabalhar no Canadá

Como são as bolsas para o mestrado em neurociência

As taxas de matrícula para o mestrado em neurociência custam 9 mil euros anuais para estudantes não europeus. No entanto, é possível fazer o curso com uma bolsa integral Erasmus Mundus.

As bolsas incluem os custos de participação, auxílio para despesas de viagem e instalação, além de um subsídio mensal de 1,4 mil euros.

Contudo, vale lembrar que quem quiser concorrer à bolsa Erasmus como brasileiro não pode ter vivido na Europa por mais de 12 meses nos últimos cinco anos.

>>> Como fazer pós-graduação no exterior

Quais são os requisitos do NEURASMUS

Para entrar no NEURASMUS, é necessário ter graduação em biologia, farmácia, bioquímica, biomedicina, medicina ou psicologia antes de agosto de 2024. Caso o candidato seja formado em outra área (química, física, ciência da computação), será preciso comprovar seu interesse pela neurociência.

Ainda, espera-se que o estudante tenha um conhecimento básico, porém sólido, em biologia celular, química e bioquímica, física e matemática.

Além disso, outro requisito é ter proficiência em inglês comprovada por meio do resultado em uma das provas aceitas:

  • IELTS (Academic Test): 6.5 (nenhuma nota abaixo de 6);
  • TOEFL: ITP 580 / CBT 237 / iBT 93;
  • Certificate of Advanced English: B/C;
  • Certificate of Proficiency in English: B/C.

>>> Melhores bolsas para fazer intercâmbio em 2023

Como se candidatar ao mestrado em neurociência na Europa

O prazo para se inscrever para fazer o mestrado em neurociência com bolsa Erasmus encerrou em dezembro. Mas, os candidatos que desejam pagar pelo curso podem se candidatar até 28 de fevereiro.

As inscrições são online e é necessário anexar à candidatura a documentação exigida pelo curso:

  • Foto recente no formato passaporte;
  • Cópia do passaporte;
  • Carta de motivação;
  • Currículo (formato Europass);
  • Certificado de proficiência em inglês;
  • Cópia do diploma de graduação;
  • Histórico escolar;
  • Comprovante de residência;
  • Duas cartas de recomendação.

Todos os documentos devem estar acompanhados de tradução em inglês. A seleção para o mestrado e as bolsas Erasmus+ será baseada no histórico acadêmico, na motivação, no potencial e na experiência profissional do candidato.

Nessa live, você pode ver nossa conversa com brasileiras bolsistas Erasmus Mundus e ver dicas sobre os cursos, as inscrição e outros detalhes. Aqu no site, também tem dicas de brasileiros bolsistas Erasmus. Aqui você pode conferir o que nossos mentorados falam sobre nosso programa de auxílio.

>>> Como trabalhar na Alemanha legalmente

Precisa de ajuda para candidatar?

O Partiu Intercâmbio tem um programa de mentoria para estudar fora que já ajudou milhares de brasileiros a ganharem bolsas de estudos para estudar no Exterior. Confira no vídeo abaixo o que alguns dos nossos mentorados têm a dizer sobre o auxílio oferecido pela mentoria do Partiu Intercâmbio:

Aqui você pode conferir o que nossos mentorados falam sobre nosso programa de auxílio. A mentoria abre inscrições todos anos em janeiro e em julho e você pode se inscrever para receber avisos de quando as inscrições abrem e alertas de bolsas de estudos no Whatsapp.

Tá com dúvida se o acompanhamento completo da mentoria faz sentido pra você? Marque um horário individual pra tirar dúvidas e encontrar as melhores oportunidade pro seu perfil.

Economize em moeda estrangeira do Brasil

Recomendamos juntar dinheiro em moeda estrangeira e pagar a taxa da sua prova de proficiência usando a conta multimoedas do Wise (ex-Transferwise). A conta é gratuita e com ela você faz pagamentos da taxa de inscrição em processos de seleção em universidades ou junta dinheiro em moeda estrangeira com taxas muito menores. No lugar de pagar os 12% que seu banco cobraria, com o Wise você paga só 1,3% de taxa sobre a operação ou menos

Saiba mais sobre o curso
Veja informações sobre as bolsas
Acesse o guia de candidatura

Toda semana tem vídeo novo no nosso canal no YouTubeAssina aí pra não perder nadinha. A gente também está no InstagramGoogle NewsTikTokTwitter e no LinkedIn. Nesses canais, eu falo mais sobre como ganhar bolsa para fazer intercâmbio, como fazer carta de motivação e mais um monte de coisas. Já quem quer receber alerta de novas bolsas de estudo pode se inscrever no nosso canal no no Telegram ou na nossa newsletter é grátis. Os apoiadores do Partiu Intercâmbio recebem dicas exclusivas no Whatsapp e também por e-mail. Pra saber mais sobre a Bruna e o Partiu Intercâmbio é só acessar esse post. A gente também presta consultoria para orientar quem quer estudar no Exterior entre em contato e realize o sonho de estudar fora!

Sobre o autor

Bruna Passos Amaral

Bruna Passos Amaral é jornalista, viajante, entusiasta da educação. e apaixonada por idiomas. Na bagagem da criadora e mentora do Partiu Intercâmbio, já pesam dez intercâmbios - três nos Estados Unidos, seis na Alemanha e um na Finlândia.

Bolsas relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Quem faz?

Bruna Passos Amaral é jornalista, viajante, entusiasta da educação e apaixonada por idiomas. Na bagagem, são nove intercâmbios – dois nos Estados Unidos, seis na Alemanha e um na Finlândia – e passeios por diversos países. Participe, mande relatos, perguntas ou sugestões. Os comentários no site são sempre respondidos!

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e saiba das bolsas de estudos antes.

Redes Sociais