Bolsa para mestrado em Estudos de Desenvolvimento na França

University Clermont Auvergne/Divulgação

Se você pensou que todas os editais dos Erasmus Mundus Joint Masters Degree já estavam com o período de inscrições encerrando, se enganou! Ainda dá tempo de se candidatar a uma bolsa para mestrado em estudos de desenvolvimento internacional. É uma oportunidade para estudar na França, na Itália e na República Tcheca durante um único curso.

Bolsas de mestrado

O objetivo do Master in International Development Studies (GLODEP) é formar profissionais para atuar no campo das políticas e das práticas de desenvolvimento. O curso fornece conhecimentos e habilidades fundamentais para analisar e promover políticas de desenvolvimento a nível nacional, regional e internacional. Ele combina estudos de desenvolvimento e economia do desenvolvimento com geografia, estudos do meio ambiente e ciência política.

Como é a bolsa para mestrado em Estudos de Desenvolvimento:

1º semestre: Palacky University, em Olomouc, na República Tcheca;
2º semestre: University Clermont Auvergne, em Clermont-Ferrand, na França;
3º semestre: Universidade de Pavia, em Pavia, na Itália;
4º semestre: dedicado ao estágio ou à pesquisa e à dissertação, de preferência em um dos 14 parceiros associados do consórcio.

>>> Em quais países brasileiro não paga para estudar

Há parceiros acadêmicos em diferentes lugares do mundo para a realização da pesquisa e também organizações internacionais nas quais o aluno pode realizar uma experiência de trabalho.

Sobre a bolsa para mestrado em estudos de desenvolvimento

O custo total do mestrado é de 18 mil euros para estudantes não europeus e de 9 mil para europeus. Porém, a bolsa para mestrado em Estudos de Desenvolvimento cobre todos os custos de matrícula e ainda conta com outros benefícios: 3 mil euros por ano para despesas de viagem e 1 mil euros para instalação; auxílio mensal de 1 mil euros por no máximo 24 meses e seguro-saúde.

>>> Bolsas na área de economia

Requisitos e candidatura ao programa Erasmus

O curso é voltado a candidatos com graduação completa, de preferência em áreas relevantes para o programa, tais como: estudos de desenvolvimento, geografia, economia, relações internacionais e sociologia. É necessário ter um bom desempenho acadêmico, forte interesse no desenvolvimento internacional e proficiência em inglês.

Lembrando que para as bolsas Erasmus, o candidato não pode ter estudado ou trabalhado na Europa por mais de 12 meses nos últimos cinco anos.
As candidaturas para as bolsas para mestrado em estudos de desenvolvimento podem ser realizadas até o dia 31 de janeiro. O primeiro passo da inscrição consiste em preencher o formulário online, enviar os documentos solicitados e indicar o interesse na bolsa.

Fique atento para completar tudo antes de encerrar a sessão, pois, diferentemente de outros processos, neste não é possível continuar depois. A documentação a ser enviada inclui:

  • Cópia do passaporte;
  • Comprovante de residência;
  • Cópia do diploma de graduação;
  • Cópia do histórico escolar;
  • Certificado de proficiência em inglês;
  • Curriculum Vitae;
  • Carta de motivação;
  • Duas cartas de recomendação.

Na primeira etapa, a seleção será baseada na análise da candidatura. Quem passar para a segunda fase, entre o fim de março e o início de abril, será convidado a participar de uma entrevista online que definirá os selecionados. O resultado será anunciado em maio e as aulas começam na primeira metade de setembro.

Saiba tudo sobre o programa
Veja as respostas para as dúvidas frequentes
Inscreva-se agora

Todas as bolsas abertas

Ah, toda terça-feira tem vídeo novo no nosso canal no YouTubeAssina aí pra não perder nadinha. A gente também está no Instagram, no Flipboard e no Twitter. Nesses canais, eu falo mais sobre como ganhar bolsa para fazer intercâmbio, como fazer carta de motivação e mais um monte de coisas. Obviamente, eu também respondo dúvidas. Só deixar elas aqui nos comentários do post. Já quem quer receber e-mail alertando de novas bolsas pode se inscrever na nossa newsletter. Quem tiver dúvidas, pode entrar no grupo do Partiu Intercâmbio no Facebook e postar por lá que a gente responde. Já pra saber mais sobre a Bruna e o Partiu Intercâmbio é só acessar esse post.

Precisa de ajuda na candidatura?

Se você quer fazer pós-graduação no Exterior mas tá completamente perdido e precisa de ajuda, dá pra falar com o Partiu Intercâmbio. Sim, a gente presta consultoria ajudando quem quer fazer pós-graduação no Exterior com cartas de motivação e de recomendação, ajuda para preencher application, escolha das universidades, ajuda na busca por possíveis bolsas e tudo mais. Se você tiver interesse, é só colocar seus dados nesta planilha que a gente faz um orçamento sem compromisso.

COMENTÁRIOS

Uma resposta para “Bolsa para mestrado em Estudos de Desenvolvimento Internacional na França e na Itália”

  1. Andrea Maria dos Santos disse:

    Olá,querida!Sou assinante do seu canal e estou amando seus vídeos!Porém,tenho uma dúvida que ninguém responde:Qual o limite de idade para conseguir uma bolsa?Só vejo jovens.Sou formada em História,falo espanhol,inglês e no próximo ano ,se Deus quiser,estarei estudando Letras,mas tenho 48 anos.Sempre foi o meu sonho,mas sou realista:Se não for pra mim,tenho 2 sobrinhos.Um abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *