Como é fazer intercâmbio sem falar a língua do país - Partiu Intercâmbio

Você tá aí se perguntando como é fazer intercâmbio sem falar a língua do país? Em 2003, morei na Alemanha um ano e não sabia nadinha de alemão antes de ir. No vídeo, conto da experiência de fazer intercâmbio sem falar a língua do país. Dá o play:

Quem se aventura a fazer intercâmbio sem saber a língua do país pra onde vai precisa ir preparado. Não é nada fácil chegar em um lugar e não entender absolutamente NADA. Mas aprender um idioma durante o intercâmbio também não é impossível.

No vídeo, eu digo que ir pra Alemanha sem saber nada de alemão foi a pior experiência da minha vida, mas óbvio que isso também me ajudou a ter mais motivação pra aprender. É mágico o momento em que você começa a entender o que as pessoas estão dizendo e também consegue participar de conversas. Eu só conto desta experiência para alertar todo mundo que aprender a falar uma língua não é um processo de osmose, é necessário participar dele ativamente. Ainda mais se você quiser aprender rápido.

>>> Como ganhar uma bolsa para fazer intercâmbio

Intercâmbio sem falar a língua: qual a melhor hora?

Eu sempre digo que High School é a melhor modalidade de intercâmbio pra quem vai sem saber falar nada do idioma. Afinal, o intercambista é jovem e não tem outra obrigação além de aprender o idioma. Outra boa opção para quem tem pouco domínio é o Aupair porque, além de você viver com uma família estrangeira, essa modalidade é um dos programas mais baratos que existem.

Obviamente isso não significa que High School seja a única modalidade em que fazer intercâmbio sem saber a língua antes vale a pena. Porque, no fim das contas, você aprender ou não a falar uma língua durante uma experiência fora vai depender de uma única pessoa: você. E sério gente, nenhum método para aprender idiomas é mais infalível do que simplesmente querer e estudar. Eu posso dar todas as dicas do mundo sobre como fazer seu inglês avançar  ou como aprender alemão rápido mas nada vai ser mais eficiente do que simplesmente estudar e se envolver de verdade com o aprendizado. Porque o método como aprender qualquer língua o mais importante é simplesmente se dedicar regularmente ao aprendizado. Então, se você vai fazer intercâmbio mesmo sem saber a língua do lugar, a única coisa que você precisa ter em mente é: aprender vai depender de você, não do lugar nem do tipo de curso que você vai fazer.

>>> Como encontrar cursos gratuitos na Alemanha

Eu vi muita gente fazer intercâmbio sem falar a língua do lugar quando fiz mobilidade acadêmica na Alemanha, por exemplo. Os estudantes aproveitavam o fato das universidades deles terem convênios com universidades alemãs e usavam essa oportunidade pra fazer cursos baratíssimo (ou de graça) de alemão na própria universidade. Porque matriculado como aluno você tem direito a isso. Mas se você vai fazer isso, só é importante alinhar as expectativas porque pode ser que você não consiga validar os cursos no Exterior na sua universidade no Brasil.  Na minha humilde opinião, não se “perde” um semestre por conta disso, mas tem muita gente que vê diferente.

>> Tudo sobre estudar na Alemanha

Quando a gente tá falando em cursos universitários completos e não intercâmbio obviamente não tem como ir sem saber a língua do lugar. Não tem como você ser aceito pra fazer graduação, mestrado ou doutorado sem entender o idioma em que as aulas são ministradas. Exatamente por isso que cursos universitários sempre exigem que você comprove com prova de proficiência que você tem um domínio mínimo daquela língua em questão. Afinal, cursos universitários não têm o intuito de “melhorar seu domínio no idioma” e sim de melhorar seu conhecimento acadêmico em uma determinada área.

Estudar na Alemanha sem saber alemão

Voltando ao assunto de fazer intercâmbio sem falar o idioma! Isso gera muita dúvida porque em diversos países, Alemanha incluso, é possível estudar nas universidades pagando bem pouco e sem nenhum conhecimento de alemão.  E muita gente confunde o poder estudar EM inglês na Alemanha com estudar inglês na Alemanha (o que é possível, mas, na minha opinião, não faz nenhum sentido). Pra poder estudar na Alemanha sem saber alemão, você vai obrigatoriamente ter que possuir um inglês fluente ou muito bom. O mesmo vale para estudar EM inglês na Suécia, Holanda, Hungria, Japão ou qualquer outro lugar.

Eu fui pra Alemanha em 2003 sem saber nada de alemão e aprendi tudo lá. Foi fácil? não. Valeu a pena? MUITO. Morar ou estudar na Alemanha sem saber alemão (ou sem ter interesse e disposição para aprender) é MUITO difícil. De 2015 a 2017, eu trabalhei em uma empresa na Alemanha onde o idioma da empresa era o inglês. Ou seja, era super possível viver anos na Alemanha sem saber nadicas de alemão.

No entanto, ser possível não quer dizer que é bom ou viável. Na prática o que eu vi era sempre a mesma história: quem não sabia alemão (e não tinha interesse em aprender) sempre resolvia ir embora num período de um a três anos. Se a pessoa fosse solteira e estivesse por lá sozinha e não soubesse alemão, a chance de voltar pra casa mais rápido era maior ainda. Claro que tudo isso são apenas observações da minha experiência de quase seis anos (no total com várias idas e vindas no meio) na Alemanha. Mas é impressionante (e óbvio) como poder se comunicar (minimamente que seja) melhora a experiência de viver num outro país. Ainda mais num país difícil como a Alemanha.

>>> Motivos pra aprender alemão

Consigo ganhar bolsa sem saber falar idioma nenhum?

Olha, isso é MUITO difícil. Cursos de idiomas no Exterior são super caros (comparados com outros cursos) e são geralmente oferecidos por empresas privadas ou por universidades. Pra eles, é uma ótima maneira de fazer bastante dinheiro. A maioria das bolsas de estudos é oferecida por governos e fundações não governamentais. Essas instituições têm interesses diversos: promover uma cultura, promover desenvolvimento em uma área de interesse e também aumentar o soft power, né, meu povo. Afinal, depois de ganhar uma bolsa para estudar no país x ou Y a chance de você acabar atuando como um “embaixador cultural” daquele lugar sem nem mesmo perceber, é ENORME. Por conta disso, essas instituições preferem insistir em quem já demonstra um grande interesse naquele país. E qual uma maneira bem óbvia de demonstrar esse interesse? aprendendo o idioma, é claro.

>>> Veja posts sobre morar fora

Por conta de tudo isso, vocês não vão encontrar muitas bolsas de estudos para fazer cursos de idiomas no Exterior que não exigem um mínimo conhecimento prévio da língua. Já dei dicas das bolsas para curso de línguas que abrem todo ano aqui no Partiu. A maioria das coisas que abrem nesse sentido são concurso culturais. E tem diferença entre concurso cultural ou bolsa de estudos? SIM E MUITA. Expliquei tudo no vídeo abaixo. Confere aí!

Só tendo isso bem claro, já fica muito mais fácil aproveitar a experiência e tirar dela o melhor possível.

>> Como ganhar uma bolsa para estudar nos EUA
>>> Como conseguir uma bolsa para estudar na França

Todas as bolsas abertas

Toda terça-feira tem vídeo novo no nosso canal no YouTubeAssina aí pra não perder nadinha. A gente também está no Instagram, no Flipboard e no Twitter. Nesses canais, eu falo mais sobre como ganhar bolsa para fazer intercâmbio, como fazer carta de motivação e mais um monte de coisas. Obviamente, eu também respondo dúvidas. Só deixar elas aqui nos comentários do post. Já quem quer receber e-mail alertando de novas bolsas pode se inscrever na nossa newsletter. Quem tiver dúvidas, pode entrar no grupo do Partiu Intercâmbio no Facebook e postar por lá que a gente responde. Já pra saber mais sobre a Bruna e o Partiu Intercâmbio é só acessar esse post.

COMENTÁRIOS

5 respostas para “Dá pra fazer intercâmbio sem falar a língua do país?”

  1. Ola, meu nome Badia, sou de Goiania-Go, e fiquei sabendo que posso fazer intercambio sem agencia.Otimo.Mais, tem um detalhe, que vc coloca: como eu que nao sou fluente no ingles, entrarei em contato com as escolas pra negociar meu aprendizado e conseguir acomodaçao? Tenho 55 anos e tambem nao manipulo bem, esse lance de face , etc.Gosto do telefone, mas, como ligar, se meu ingles é fraco? Tens uma luz pra mim.Obrigada

  2. ana disse:

    eu quero muito fazer high school no Canadá mas algumas agências me disseram que não é possível sem saber o inglês 🙁 não sei oq fazer

  3. Rayssa disse:

    A bronca é que os processos seletivos exigem, dentro da documentação, que se comprove a proficiência no idioma, ou então não é possível a bolsa.
    Uma pena, porque as vezes, não há fluência no idioma, mas facilidade de aprendizagem, e então a inserção no país poderia alavancar o aprendizado da língua também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.