Escola de ciências sociais e políticas dá bolsas para graduação na França

bolsas para graduação na França Science Po Paris

Divulgação/Sciences Po

Já pensou em estudar em uma das escolas de ciências sociais e políticas mais respeitadas do mundo? E mais: sem pagar e ganhando um auxílio? Você pode ter essa oportunidade através do programa Emile-Boutmy: ele dá bolsas para graduação na França a estudantes internacionais.

Bolsas na França

O programa, cujo nome homenageia o fundador da Sciences Po (1871), é voltado para estudantes não europeus. Ele auxilia candidatos admitidos em cursos de graduação da Science Po, aqui conhecida como Instituto de Estudos Políticos de Paris.

Os cursos de graduação da escola tem duração de seis semestres: quatro de estudos em tempo integral e dois no exterior, para estudos ou estágio.

>>> Minerva oferece bolsa de graduação para estudar em sete países diferentes

Como são as bolsas para graduação na França

As bolsas para graduação na França são concedidas a estudantes que chegam à Sciences Po para o primeiro ano de estudos. Existe mvários tipos de benefício:

  • Bolsa de 7.300 euros por ano para três anos de curso + auxílio para custos de vida de 5 mil euros por ano;
  • Bolsa de 7.300 euros por ano para os três anos de curso (sem o auxílio adicional);
  • Bolsa de 5 mil euros por ano para os três anos de curso;
  • Bolsa de 3 mil euros por ano para três anos de curso.
  • Excepcionalmente poderá ser concedida uma bolsa de 19 mil euros para cobrir os três anos de faculdade.

Os valores são decididos pela comissão de seleção. Se o aluno optar por passar o terceiro ano de curso em outro país, receberá o valor das taxas universitárias e o valor adicional para cobrir os outros custos.

>>> Veja oportunidades de bolsas para graduação

Candidatura e seleção

O desejo de receber uma das bolsas para graduação na França deve ser indicado durante a candidatura ao curso de interesse do candidato. É possível se inscrever até o dia 8 de abril de 2019.

Há uma parte específica do formulário chamada “informações financeiras”, onde o estudante deverá incluir comprovante de renda e outros documentos explicando a sua condição financeira familiar. Entre eles, você poderá anexar a declaração de imposto de renda dos seus pais, contracheques e, se for o caso, certidão de divórcio, auxílio desemprego ou documentos relacionados ao recebimento de pensão ou aposentadoria.

É preciso enviar também: currículo, diploma do ensino médio, histórico escolar, certificado de exame final, duas referências e cópia do passaporte. Além do resto da documentação, o certificado de proficiência no idioma também deve ser anexado à candidatura. Os documentos deve ser todos devidamente traduzidos para o francês ou inglês.

Os critérios de seleção das bolsas para graduação na França incluem mérito, adequação do perfil ao curso escolhido e condição social. O candidato só poderá ser selecionado para a bolsa se for aceito no curso de graduação.

Saiba mais sobre as bolsas
Veja como funciona a graduação na Science Po
Informe-se sobre a candidatura
Inscreva-se agora

Todas as bolsas abertas

Ah, toda terça-feira tem vídeo novo no nosso canal no YouTubeAssina aí pra não perder nadinha. A gente também está no Instagram, no Flipboard e no Twitter. Nesses canais, eu falo mais sobre como ganhar bolsa para fazer intercâmbio, como fazer carta de motivação e mais um monte de coisas. Obviamente, eu também respondo dúvidas. Só deixar elas aqui nos comentários do post. Já quem quer receber e-mail alertando de novas bolsas pode se inscrever na nossa newsletter. Quem tiver dúvidas, pode entrar no grupo do Partiu Intercâmbio no Facebook e postar por lá que a gente responde. Já pra saber mais sobre a Bruna e o Partiu Intercâmbio é só acessar esse post.

>>> Como funciona o buscador de bolsas de estudo do Partiu Intercâmbio
>>> Bolsas para estudar na Holanda recebem inscrições. OTS é oportunidade exclusiva para brasileiros

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *