OEA dá bolsas para graduação nos EUA na Western Kentucky University

Início » Bolsas de Estudo » Bolsas para graduação nos EUA na Western Kentucky University

WKU/Divulgação

A Organização dos Estados Americanos (OEA) em parceria com a Western Kentucky University (WKU) está recebendo candidaturas para bolsas de graduação nos EUA. As inscrições do programa para a sessão da primavera (início das aulas no dia 22 de janeiro de 2018) devem ser feitas até 15 de novembro.

Para se candidatar, é preciso ser cidadão de um país membro da OEA (não dos Estados Unidos), saber inglês e ser aceito na universidade. A seleção dos bolsistas será baseada no desempenho escolar, nos ensaios que eles devem enviar, na distribuição geográfica e na diversidade de gênero dos candidatos.

A WKU oferece duas modalidades de cursos: no local (onsite) ou à distância (online). As bolsas para graduação nos EUA têm duração de um a quatro anos.

>>> Bolsa de mestrado em Direito para brasileiros em renomada Law School dos EUA
>>> Concurso de redação dá bolsa para curso de verão na Inglaterra na Universidade de Cambridge
>>> Brazil Conference seleciona estudantes para viagem com tudo pago aos EUA

Como são as bolsas para graduação nos EUA

Os benefícios são diferentes para cada modalidade:

Onsite: a universidade cobre 11,4 mil dólares do total da taxa de matrícula em cada ano do curso. Os bolsistas que ficarem entre os melhores classificados na seleção receberão um auxílio de 1 mil dólares para ajudar com os gastos de subsistência. Os selecionados terão que arcar com passagens, custos de vida, materiais de estudo e o restante da matrícula (cerca de 14 mil dólares).

Online: os estudantes mais bem colocados receberão um auxílio de 1 mil dólares para ajudar a pagar o custo da mensalidade no primeiro ano de estudo. Ficam a cargo dos selecionados as seguintes despesas: matrícula (12.240 mil dólares); taxa de cursos à distância (510 dólares por crédito-hora); livros e materiais de estudo (600 dólares); outras taxas.

De acordo com o edital, os interessados também podem se candidatar ao Fundo Rowe. Esse programa de financiamento educacional da OEA ajuda cidadãos da América Latina e do Caribe a estudarem em universidades norte-americanas.

Como se candidatar ao programa

Visto que um dos requisitos das bolsas para graduação nos EUA é ser aceito na WKU, é preciso se inscrever primeiramente no instituição. As candidaturas para os cursos de graduação da Western Kentucky vão até o dia 1º de novembro. Aqui você pode acessar o site para ver como funciona.

Já as candidaturas às bolsas da OEA vão até 15 de novembro e é necessário enviar a seguinte documentação toda em inglês ou devidamente traduzida:

  • Cópia do passaporte;
  • Carta de admissão na universidade;
  • Histórico escolar;
  • Cópia do diploma do ensino médio;
  • Duas cartas de recomendação (de professores ou empregadores);
  • Dois ensaios de no máximo duas páginas sobre os seguintes temas: 1) Descreva como a obtenção do título acadêmico vai influenciar na sua carreira e aumentar suas habilidades profissionais; 2) Explique como você pretende aplicar os conhecimentos e a experiência adquiridos no seu campo de estudo para desenvolver o seu país ou região;
  • Currículo;
  • Certificado de proficiência em inglês (TOEFL ou IELTS realizados há no máximo dois anos);
  • Comprovante de que você possui fundos para cobrir as taxas universitárias não incluídas na bolsa (pode ser: cópia de um extrato bancário ou uma carta bancária; carta de um empregador que mostra o salário mensal ou anual; carta de empréstimo ou bolsa adicional).

Os documentos devem ser enviados em um único arquivo PDF de até 5MB junto ao formulário que o candidato terá que preencher no site.

 

Acesse o edital do programa
Veja a lista de cursos de graduação oferecidos pela WKU
Aplique para a universidade
Inscreva-se para as bolsas

 

>>> Associação oferece bolsas de pós-graduação para mulheres nos EUA
>>> Confira todas as bolsas com editais abertos no nosso buscador
>>> Como conseguir uma bolsa para estudar nos Estados Unidos
>>> Acesse outras bolsas para estudar nos EUA

COMENTÁRIOS

  • Rodrigo Lessa

    Nunca tive um diploma do ensino médio. É só solicitar na minha antiga escola?