Como conseguir bolsa para estudar na França? Veja este guia!

Como conseguir uma bolsa para estudar na França

Você vive se perguntando sobre como conseguir bolsa para estudar na França? Vamos dar dicas de bolsas para estudar na França em diferentes estágios da carreira.  De qualquer jeito já aviso que tem que ter muuuita procura e paciência! Afinal, encontrar uma bolsa de estudos para fazer intercâmbio no exterior não é assim tãããão difícil, mas requer tempo, insistência e paciência. Espero que todos vocês já conheçam esse post aqui sobre como ganhar uma bolsa de estudos no exterior mas vamos ao tema de hoje: Como conseguir bolsa para estudar na França.

Veja bolsas na França

 

Como conseguir bolsa para estudar na França

Obviamente que tudo que está aqui não esgota todas as possibilidades possíveis e imagináveis de se encontrar uma bolsa de estudos na França. A internet é enorme e cheia de sites e programas que eu não conheço. Por isso, se você souber de algo muito legal que não está aqui, não seja egoísta! Deixe um comentário no post e eu adiciono na lista 🙂 Além disso, vocês sempre podem acessar o buscador para ver oportunidades

>> Brasileira na França conta como é fazer mestrado lá

 

Quanto custa estudar na França?

Estudar na França era barato até 2018. A partir de 2019 estudantes que não possuem passaporte europeu pagam entre 2700 e 3700 euros por ano para estudar na França. Para quem tem passaporte europeu os custos seguem baixos com preços de menos de mil euros por ano. Se a gente comparar com destinos como Inglaterra, Estados Unidos, Austrália ou Canadá onde as tuition fees para fazer graduação ou pós são bem altas, ainda não é o lugar mais caro do mundo, mas deixou de ser barato. Ou seja, a partir de 2019, estudar na França é em conta só para quem tem passaporte europeu.

>>Programa Férias-Trabalho facilita visto para trabalhar na França

 

>>> 4 bolsas para estudar na Europa de graça (ou quase)

Bolsas para mobilidade acadêmica na França

Caso você esteja interessado em conseguir bolsa para estudar da França durante um semestre os programas de mobilidade acadêmica são os mais indicados para você. Os programas de mobilidade geralmente ocorrem via acordos entre universidades. Então, a melhor maneira de descobrir se você tem como fazer um semestre na França é entrar em contato com o departamento responsável na sua universidade. Muitas universidades possuem acordos com universidades na França e alunos que fazem intercâmbio por meio dos acordos de mobilidade estão livres de taxas universitárias. Além disso, vários destes convênios também oferecem bolsas de estudos. Então corra no departamento de mobilidade acadêmica (ou relações internacionais) da sua universidade para saber mais.

O programa Santander Mundi (antigo Fórmula Santander) é uma das bolsas de estudos para fazer um semestre na França mais conhecidas. Ela abre todos os anos e dá um valor fixo para os selecionados para cobrir custos como moradia, passagem, alimentação e acomodação. O programa de bolsas da Fundação Estudar é outro programa que oferece bolsas para mobilidade na França e também abre todos os anos. Para os estudantes de Engenharia, a Capes também dispõe do programa Brafitec que tem duração de 4 a 12 meses em universidades francesas. Além disso, a Capes também oferece outras bolsas para fazer mobilidade acadêmica na França.

Bolsas de mobilidade na França

 

Bolsas de aperfeiçoamento profissional na França

Para os professores de Português, a França também tem um programa de bolsas para brasileiros que tenham interesse em dar aulas de português na França. O trabalho é remunerado e os professores trabalham 12 horas semanais. O edital abre geralmente no fim do ano. Outro programa interessante é o programa que facilita o visto para quem quer fazer estágio na França durante as férias.

Bolsas para profissionais na França

 

Como conseguir bolsa para estudar na França: mestrado

Já se o seu objetivo é conseguir bolsa para estudar na França no mestrado, a quantidade de opções aumenta bastante. Alguns programas de bolsas abrem todos os anos e oferecem bolsas de estudos na França em diferentes áreas do conhecimento. O programa Erasmus+ com seus joint master degrees é um deles. As bolsas do Erasmus+ cobrem todas as despesas dos selecionados e contemplam as áreas mais diversas do conhecimento. A única questão é que as bolsas do Erasmus+ são para cursos em mais de um país da Europa. Ou seja, o candidato vai cursar uma parte na França e outra em algum outro país. Além disso, muitos dos cursos exigem certificado de proficiência em inglês e/ou francês. As inscrições para os programas contemplados pela bolsa Erasmus geralmente abrem entre outubro e dezembro.

Já a bolsa Victor Hugo do programa da Université de Franche-Comté, que fica em Besançon, oferece bolsas de pós-graduação para latino-americanos na França. As inscrições abrem geralmente no início do ano. Para poder se candidatar tem que ter menos de 35 anos. As bolsas cobrem matrícula da universidade, curso de francês, alojamento e alimentação. O Eiffel Excellence Scholarship Programme é outra maneira de conseguir bolsa para estudar na França no mestrado. O programa, no entanto, exige idade máxima de 30 anos para candidatos ao mestrado e também limita o benefício a candidatos de cursos de áreas específicas. Para cursos de mestrado, o valor da bolsa Eiffel é de 1.181 euros mensais.  Outro detalhe importante é que a candidatura é feita pelas universidades. Então, ao se candidatar para o mestrado você deve manifestar interesse de que sua universidade te indique para a bolsa Eiffel.

Também tem como conseguir bolsa para estudar na França na École Normale Supérieure de Paris. A bolsa contempla todas as áreas em que a escola oferece curso, inclusive, áreas de artes e humanidades e para se inscrever no processo seletivo, é necessário ter até 26 anos no momento da inscrição. Os pré-selecionados também precisam fazer uma prova em Paris como seleção da bolsa. Os selecionados pela bolsa para mestrado em Paris recebem bolsa mensal de mil euros por mês e moradia no campus da ENS. A bolsa não cobre passagem aérea e nem os custos de inscrição no ano acadêmico. O programa da Fundação Estudar também é uma opção para quem foi aprovado em um mestrado na França e precisa de bolsa de estudos.

Bolsas de mestrado na França

 

Como conseguir bolsa para estudar na França: doutorado

Alguns dos programas citados para mestrado também oferecem bolsas de mestrado. O programa da Fundação Estudar, por exemplo, é uma opção para quem foi aprovado no doutorado na França e precisa de bolsa de estudos. A bolsa Victor Hugo da Université de Franche-Comté, em Besançon, também oferece bolsas para doutorado na França. As bolsas cobrem matrícula da universidade, curso de francês, alojamento e alimentação. O Eiffel Excellence Scholarship Programme é também cobre doutorado e, para este tipo de programa, a idade máxima é de 35 anos e tem áreas específicas. O valor da bolsa Eiffel é de para os estudantes do doutorado, é de 1.400 euros mensais. Além disso, os bolsistas receberão também outros benefícios, como um seguro social e uma viagem de retorno ao país de origem.

Já pesquisadores experientes podem se candidatar para o programa Marie Skłodowska-Curie Actions (MSCA) é um programa promovido pela Comissão Europeia que financia projetos de pesquisa na Europa. O financiamento da MSCA oferece um subsídio para custear as despesas de subsistência e deslocamento do investigador e ainda garante cobertura das despesas com a família. A bolsa de pesquisa na Europa é atribuída à entidade que acolherá o selecionado, que pode ser uma universidade, um centro de pesquisa ou uma empresa na Europa.

Bolsas de doutorado na França

 

Como conseguir bolsa para estudar na França? use buscadores

Sim. Existem buscadores, como o do Partiu Intercâmbio que ajudam na tarefa de conseguir bolsa para estudar na França. A agência do governo francês para promoção do ensino superior, o Campus France, desenvolveu um buscador para encontrar oportunidades no país. É o CampusBourses, o buscador do Campus France para encontrar bolsas de estudos na França feita especialmente para estudantes estrangeiros.

A ferramenta é super simples e  facilita muito a vida de quem quer encontrar uma bolsa para estudar na França. Ela  pode ser acessada em francês, inglês e espanhol. Nela, é possível encontrar informações sobre tipos de bolsas e disponibilidade. O banco de dados com as bolsas para estudar na França reúne oportunidades de auxílio financeiro para estudar na França oferecidas pelos governos francês e brasileiro, pelas regiões francesas e pela União Europeia, além de programas de organizações internacionais não-governamentais e instituições de ensino.

>>> Governo oferece bolsas de mestrado e doutorado na França

Além disso, dá para buscar também por área do conhecimento, tipo de curso (graduação, mestrado, doutorado e pós-doutorado) e nacionalidade. As bolsas têm prazos de candidaturas e requisitos diferentes, por isso, tem que ler bem o edital de cada uma delas.

buscador de Bolsas do Campus France
encontre cursos na França

Ah, toda terça-feira tem vídeo novo no nosso canal no YouTubeAssina aí pra não perder nadinha. A gente também está no Instagram, no Flipboard e no Twitter. Nesses canais, eu falo mais sobre como ganhar bolsa para fazer intercâmbio, como fazer carta de motivação e mais um monte de coisas. Obviamente, eu também respondo dúvidas. Só deixar elas aqui nos comentários do post 🙂

COMENTÁRIOS

8 respostas para “Como conseguir bolsa para estudar na França?”

  1. Layanne disse:

    Gostaria de uma orientação, se existe alguma bolsa de estudos (idiomas) na França, que te prepara para entrar em universidades.

    Obrigada!

  2. Victorino Carlos disse:

    Eu sou Angolano
    E preciso fazer Medicina na França
    Não sei se é possível ganhar bolsa de estudo pra Medicina

  3. Jéssica disse:

    Talvez seja interessante citar que, mesmo sendo barato estudar lá, para conseguir o visto de estudante é preciso comprovar um valor de aproximadamente €640,00/mês para o primeiro ano de estada e depois deve ser comprovado para o segundo também no caso do mestrado, por exemplo. O Campus France nos passou essa informação na palestra sobre Ensino Superior na França mas creio que no site da embaixada tenha essa informação mais precisa. =)

  4. Janaina disse:

    Boa noite!
    Qual o nome da plataforma que a Lara utilizou para aplicar ao mestrado na França (na qual ela conseguiu concorrer a 15 mestrados de uma vez)?

  5. SILVESTRE disse:

    Quero muito um bolso de estudos na França, estou no meio do curso de Direito e estou tendo dificuldade para me transferia para Franca, quedia muito ir para la, porque minha namorada é francesa, e queria poder esta com ela. hehehe

  6. Tatiana disse:

    Poxa so tem bolsa para pessoas até 35 anos de idade para o mestrado?! Que preconceito…rs Que pena q só conheci esse blog agora….😭

  7. Elvira Sanguvalo disse:

    Eu quero bolsa de franca de graça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.