Brasileira que ganhou bolsa para curso de verão em Yale dá dicas

Fazer um curso de verão nos Estados Unidos é uma oportunidade única. A bolsa para curso de verão em Yale do programa Yale Young Global Scholars (YYGS) despertou muito interesse de vocês e a estudante mineira Mariana Rezende, brasileira que ganhou a bolsa completa para o curso de Politics, Law & Economics, conversou com a gente para falar da experiência e também para dar umas dicas para quem quer se inscrever.

 

bolsa para curso de verao em yale YYGS mariana carolina rezende partiu intercambio

A Mariana é de Guaxupé, em Minas Gerais, e aprendeu inglês vendo filmes da Disney, como High School Musical, só em 2014, quando ela ganhou uma bolsa em uma escola local, a Mariana começou a fazer curso de inglês. Além disso, ela também ouve muita música e vê muitos seriados em inglês e, para praticar ainda mais, ela participa de um projeto piloto de conversação entre a Universidade de Princeton e a Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Ou seja, não ter grana para pagar um curso nunca impediu ela de estudar inglês. 

Bolsas para quem tá no Ensino Médio

Aplicar para a bolsa para o curso de verão em Yale foi uma maneira de ajudar a escolher onde cursar a graduação. “Eu estava em uma fase decisiva (iniciando o último ano do ensino médio) e a experiência internacional era crucial para a minha escolha de onde cursar a graduação. Além disso, o curso de verão em Yale que escolhi se ligava diretamente com a maioria das extracurriculares que eu já realizava”, explica Mariana.

Tire suas dúvidas sobre a bolsa para curso de verão em Yale

No dia 23 de outubro às 16h, a Mariana vai conversar comigo no canal do YouTube do Partiu Intercâmbio sobre programa de bolsa para curso de verão nos EUA da Universidade de Yale. Vocês podem deixar dúvidas aqui no comentário do post ou lá no YouTube mesmo. Para receber notificação de quando estivermos no ar, é só assinar o canal. Quem não puder assistir neste dia e horário não precisa se desesperar. A conversa vai ficar disponível no YouTube logo depois que a live terminar no mesmo link.

>>> Brasileira aceita em Yale dá dicas para quem quer estudar por lá

O perfil de quem ganha bolsa para curso de verão em Yale

Dá para notar que a Mariana curte bastante estudar e sempre se preocupou bastante com as notas dela. No entanto, ela afirma que as notas são melhores nas matérias que ela mais gosta – as de humanas. Além disso, a mineira já fez trabalho voluntário e, antes mesmo de ser escolhida para ganhar a bolsa do curso de verão em Yale, a Mariana já tinha participado de eventos de liderança juvenil como Parlamento Jovem Brasileiro, da Olimpíada de Língua Portuguesa – onde ela ganhou medalha de bronze e prata –  e do Caminhos do MERCOSUL – concurso no qual ela ganhou uma viagem para o Uruguai para participar de um evento onde a Mariana e outros jovens debateram Integração Regional entre os países sul-americanos.

>>> Onde achar bolsa para fazer graduação nos EUA

Só por aí já dá para ter uma ideia de que os bolsistas do YYGS são geralmente jovens que não tem apenas boas notas, mas também são engajados e preocupados com a comunidade onde vivem, um perfil bem parecido com os dos ganhadores do concurso Jovens Embaixadores – o programa da Embaixada Americana no Brasil para jovens de escola pública. 

O que a bolsa para curso de verão em Yale cobre?

O curso oferece bolsa para candidatos que tenham uma real necessidade de apoio financeiro para participar do curso de verão nos Estados Unidos. A Marina, inclusive, alerta que ser sincero sobre a renda da sua família é muito importante. “A melhor forma de mostrar sua necessidade pela bolsa é enviar documentos que comprovem isso”, explica. Bons documentos para comprovar necessidade financeira são declaração de imposto de renda, holerite dos seus pais e outros documentos como esses. A bolsa para o curso de verão em Yale cobre o valor do curso completamente, se for uma bolsa integral, ou parcialmente, se for uma bolsa parcial, e também oferece acomodação na residência universitária, três refeições por dia e seguro de saúde para os bolsistas.

>>> Tudo sobre graduação nos EUA

Além disso, há também um travel grant que cobre as passagens aéreas e o transporte dentro dos Estados Unidos.  Essa bolsa é oferecida só para um candidato de cada país. A Mariana levou a bolsa completa e o travel grant. E caso você queira ganhar isso também, a Mariana dá uma dica valiosa: “Acho que o que contribuiu para isso foi o meu perfil acadêmico muito ligado ao curso que escolhi. Ter feito esse “link” entre minhas redações, minhas extracurriculares e os objetivos do curso com certeza fez diferença.”

Como preparar o application para a bolsa nos EUA

De acordo com a Mariana, demonstrar interesse em atividades extracurriculares é fundamental para ir bem na seleção. A parte de application mesmo tem um processo bem parecido com o processo de admissão na graduação nos Estados Unidos, mas sem a necessidade de apresentar aqueles testes padronizados como SAT e TOEFL. “Basicamente, tive que escrever redações sobre minha vida e minha realidade, além disso, enviei cartas de recomendação de dois professore e meu histórico escolar com as minhas notas da escola”, conta a brasileira que ganhou a bolsa para curso de verão em Yale.

>>> A real para quem quer fazer intercâmbio no Ensino Médio

Outra boa dica é começar tudo com bastante antecedência. “O processo seletivo é um pouco longo, então tempo é muito importante para que todas etapas sejam feitas com calma”, conta. Ou seja, então, nada de deixar o application para o último segundo. “Também é muito importante que você seja sincero sobre todo o seu background e conte até mesmo os detalhes do que você considera importante, é ótimo que eles saibam tudo que você pode oferecer de bom pro programa”, é outra dica da Mariana para quem quer conseguir essa bolsa. 

E como é o curso de verão em Yale

O curso reúne jovens de todo o mundo nos Estados Unidos por algumas semanas. Além disso,  o YYGS oferece várias temáticas: dá para fazer curso focado em matemática, engenharia, biologia ou política. Para a Mariana mais legal é a diversidade do programa “o YYGS possibilita que pessoas dos mais diferentes países participem independente nas limitações financeiras. O conteúdo do curso foi muito enriquecedor, porém, a melhor parte foi o contato com pessoas de tantas nações e culturas diferentes. Conheci países que eu nem imaginava que conhecia, comi comidas diferentes e conheci outros hábitos. O YYGS tem um “poder” de te fazer um cidadão global mesmo estando apenas em um país.”

>>> As melhores bolsas para quem está no Ensino Médio

Durante o programa, os cursos são bem focados nas suas temáticas, no caso da Mariana, abrangia 3 áreas diferentes – política, lei e economia – e tudo isso era trabalhado em diferentes atividades no dia e nas aulas há a possibilidade de escolher os cursos que mais despertam o seu interesse e nas áreas onde você deseja aprender mais.

Curtiu a experiência da Mariana na bolsa para curso de verão em Yale? Então, não perde tempo e te inscreve!

Edital do YYGS

Ah, toda terça-feira tem vídeo novo no nosso canal no YouTubeAssina aí pra não perder nadinha. A gente também está no Instagram, no Flipboard e no Twitter. Nesses canais, eu falo mais sobre como ganhar bolsa para fazer intercâmbio, como fazer carta de motivação e mais um monte de coisas. Obviamente, eu também respondo dúvidas. Só deixar elas aqui nos comentários do post. Já quem quer receber e-mail alertando de novas bolsas pode se inscrever na nossa newsletter. Quem tiver dúvidas, pode entrar no grupo do Partiu Intercâmbio no Facebook e postar por lá que a gente responde. Já pra saber mais sobre a Bruna e o Partiu Intercâmbio é só acessar esse post.

>>> Como achar um curso para estudar de graça na Alemanha

COMENTÁRIOS

2 respostas para “Brasileira que ganhou bolsa para curso de verão em Yale dá dicas sobre a seleção”

  1. Thiago disse:

    Na minha cidade não possui trabalho comunitário,pois é muito pequena no interior do MS e nunca tive a oportunidade de prestar serviços comunitários,então eu poderia msm assim ter chances no processo?

  2. Bianca de Cássia Ferreira Silva disse:

    Muito bom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *