A real sobre fazer intercâmbio no Ensino Médio | Partiu Intercâmbio

No post de hoje, #tragoverdades e estou #dandoareal sobre fazer intercâmbio no Ensino Médio. Siiim, o programa de High School, aquele em que você passa, pelo menos, seis meses em outro país e vai para a escola como um aluno do lugar mesmo.

Bolsas para High School fora

Quem precisa de bolsa para fazer intercâmbio no Ensino Médio, deve abrir coração

Programas para fazer o Ensino Médio no Exterior não são os mais baratos do mundo e também não é o tipo de programa pro qual chove bolsas de estudos. Então, se você só pode fazer intercâmbio no Ensino Médio se você tiver uma bolsa de estudos, abrir o coração e cabeça para todos os destinos possíveis É FUNDAMENTAL. Sim, as bolsas que existem muitas vezes são para destinos que não são tão populares, como Estados Unidos, Canadá ou Austrália. Eu mesma, quando fiz intercâmbio de High School em 2003, optei pela Alemanha por ser o destino mais barato (na época) porque tinha incetivo do governo.

Então, comece a ir ficando fluente em inglês no Brasil mesmo e prepare seu coração para prestar provas para diferentes países. Suas chances de ganhar uma bolsa para fazer intercâmbio no Ensino Médio vão aumentar muuuuito se você sair do clássico “Estados Unidos/Canadá”. Se você PRECISA de bolsa, é melhor ser mais flexível na escolha.

>> UWC oferece bolsa para fazer High School em 11 países

Pode ser que você tenha que repetir o ano e não é o fim do mundo

Nem todos os programas oferecem opções em que você pode terminar o Ensino Médio no Exterior, como é o caso dos colégios UWC, por exemplo. E nem todo mundo que vai fazer intercâmbio no Ensino Médio vai precisar repetir o ano ao voltar pro Brasil. O problema é que a maioria dos programas de High School começa em setembro (no meio do ano letivo do Brasil) e muitos programas (ou países) também não aceitam jovens que já terminaram o Ensino Médio. Para evitar drama e decepção, é muito importante pesquisar muuuuito antes de ir e, caso você vá sair do Brasil no meio do ano letivo antes de terminar o Ensino Médio, é fundamental conversar com a sua escola para ver quais as opções você vai ter na volta.

>>> 5 motivos por que High School é o melhor intercâmbio

Quando eu fui para Alemanha em 2003, saí no meio do último ano do Ensino Médio. Cursei todo o primeiro semestre como todo mundo, mas fui pra Düsseldorf em setembro de 2003. Na Alemanha, não cursei todas as matérias que existem no currículo do Brasil e, naquela época, o diretor da minha escola ofereceu que eu fizesse o segundo semestre que perdi para completar o Ensino Médio. Como eu já tinha feito 18 anos, preferi iniciar o cursinho e terminar o Ensino Médio fazendo as provas das matérias que faltavam no EJA. Assim, eu já poderia estudar pro vestibular e concluiria o Ensino Médio.

>>> Como convencer seus pais a deixarem você fazer intercâmbio

Terminar o Ensino Médio no EJA afetou algo na minha vida?

Bem sinceramente, não. Inclusive, ganhei um monte de bolsas depois disso. Afinal, eu sempre tive notas bem OK e fiz muita coisa extracurricular. Então, não se desesperem se você tiver que terminar o Ensino Médio de um jeito não convencional. Mesmo com meu certificado de conclusão do EJA, passei numa universidade federal, ganhei bolsas e até ganhei bolsa para fazer universidade nos EUA (mas acabei não indo, como contei aqui). Além disso, o tempo em que eu frequentei o EJA pra fazer as provas foi um ótimo choque de realidade especialmente depois de voltar da Alemanha (provavelmente) meio deslumbrada.

>>> Dicas pra não se meter em apuros num intercâmbio

Aproveite para aprender o idioma. Seja ele qual for!

Fazer intercâmbio no Ensino Médio é uma oportunidade única e incrível para mergulhar em uma cultura e seu idioma. Seja lá qual for o idioma do país pra onde você vá, faça um esforço para aprender e tente não andar só com brasileiro ou estudantes internacionais. É mais fácil fazer amizade com gente que está na mesma situação que você, mas é recompensador voltar pra casa cheio de amigos do país onde você morou e sabendo o idioma.

Quando eu fui pra Alemanha, não sabia naaaada de alemão e aprendi alemão em um ano. Foi difícil, mas valeu muito a pena porque o alemão me abriu muitas portas na vida. Muita gente me dizia: “ah, mas pra que aprender alemão? é inútil” e tenho certeza que você vai ouvir o mesmo se for estudar em um país não muito convencional. Mas a melhor dica que eu tenho é: conhecimento NUNCA é inútil.

Todas as bolsas

Ah, toda terça-feira tem vídeo novo no nosso canal no YouTubeAssina aí pra não perder nadinha. A gente também está no Instagram, no Flipboard e no Twitter. Nesses canais, eu falo mais sobre como ganhar bolsa para fazer intercâmbio, como fazer carta de motivação e mais um monte de coisas. Obviamente, eu também respondo dúvidas. Só deixar elas aqui nos comentários do post. Já quem quer receber e-mail alertando de novas bolsas pode se inscrever na nossa newsletter 🙂 Pra saber mais sobre a Bruna e o Partiu Intercâmbio é só acessar esse post.

COMENTÁRIOS

Uma resposta para “Dando a real para quem quer fazer intercâmbio no Ensino Médio (de preferência com bolsa)”

  1. Gilson disse:

    Os post sobre High School faltam listar mais escolas internacionais que oferecem esta possibilidade de intercâmbio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *