O que é o GRE: prova pedida por mestrados no Exterior

Então você decidiu se inscrever para uma seleção de mestrado e doutorado que pede o GRE e não sabe nem o que é o GRE? Vem cá ler esse post. A Larissa Goulart faz doutorado em linguística nos Estados Unidos (e é figurinha conhecida dos leitores do Partiu Intercâmbio mais ligados). Ela fez o GRE em novembro de 2017 para tentar o doutorado nos Estados Unidos e explicou lindamente como o teste funciona, como ela acredita ser a melhor maneira de estudar para o GRE e o que fazer e não fazer estudando para o GRE. Confere:

 

O que é o GRE?

O GRE, ou Graduate Record Examination, é um teste padronizado que várias universidades no mundo todo, mas principalmente as universidades americanas, usam na sua seleção de mestrado e doutorado. Fazendo uma analogia com exames brasileiros, seria como se nós tivéssemos um ENEM para pós-graduação.

>>> Como fazer pós-graduação no Exterior

Qual a diferença entre o GRE e o GMAT?

A primeira diferença entre o GRE e o GMAT é que o GMAT (Graduate Management Admission Test) tem uma seção a mais de lógica. A segunda diferença é que o GMAT, geralmente, é exigido para MBAs ou programas em administração. Por esse motivo, eu fiz o GRE e não o GMAT. Vale a pena dar uma olhada nos programas que você aplicar e o que eles exigem. No entanto, todas as dicas aqui valem para o GMAT também, a diferença é que o GMAT tem mais 12 questões de lógica.

Por que as universidades pedem o GRE?

As universidades pedem o GRE porque querem ver se você tem um conhecimento mínimo de matemática e inglês acadêmico, suficiente para continuar seus estudos na pós-graduação. Muitas universidades não pedem uma nota mínima porque eles querem que você atinja pelo menos o 50th percentile – vou explicar melhor sobre isso abaixo.

>>> Como fazer doutorado no Exterior?

Como é a prova do GRE?

O GRE General tem seis seções, duas de matemática de múltipla escolha, duas de inglês também de múltipla escolha, uma de redação em inglês e uma “surpresinha”. Essa seção surpresa pode ser tanto de matemática quanto português. Ela não irá contar para sua nota final, mas é impossível saber que seção é a surpresinha, então é como se ela fosse parte da prova mesmo. Eles usam esse sistema para testar novas questões que eles querem adicionar ao teste. Toda a prova é feita no computador, então é super importante treinar no computador.

Como eu já mencionei ali em cima a prova do GRE é feita no computador,  você tem um intervalo no meio da prova de 10 minutos para comer, ir no banheiro, etc  e assim que você termina o exame todo o seu resultado de matemática e inglês vão aparecer na tela. Em seguida, você pode escolher cinco universidades para enviar seu teste de graça. Leve o código das universidades anotado em um papel. Se você quiser enviar para mais universidades têm que pagar uma taxa separada. Importante: as universidades não aceitam que você envie o resultado do GRE, a ETS precisa enviar para a universidade.

>>> Precisa de proficiência para ganhar bolsa de estudos?

Eu não vou negar que a prova é bem cansativa, depois que eu terminei o teste eu fui para casa e dormi muito porque minha cabeça doía de tanto pensar.

Entenda as seções do GRE test

  • Primeira seção: Analytical Writing

Você tem que escrever dois textos. O primeiro é um texto argumentativo sobre um problema como: para entender uma sociedade, uma pessoa deve pesquisar sobre as suas principais cidades. Você terá 30 minutos para completar essa tarefa. A segunda tarefa é uma crítica a um argumento, por exemplo, o enunciado fornece um argumento e vários dados sobre aquele argumento e você terá que escrever sobre porque esse argumento é falho baseado nos dados apresentados. Você também tem 30 minutos nesse texto. Eu, sinceramente, acho essa segunda tarefa um pouco mais complicada. A parte boa é que todas as questões de escrita possíveis estão disponíveis neste site aqui.

A pontuação dessa parte vai de 0 a 6, geralmente as universidades esperam que você tire pelo menos 4.5 ou 5.0 nessa parte.

diferenca gre gmat o que e gre partiu intercambio

 

  • Segunda seção: Quantitative Section

Segundo o site do GRE, o teste exige conhecimentos básicos de matemática, nível ensino médio. Na minha experiência, eu não acho que eu tenha aprendido esses conteúdos no ensino médio, ou se eu aprendi eu já não lembrava mais quando fui fazer a prova. Essa parte da prova contêm 20 questões e você tem 35 minutos. A questão pode ser de múltipla escolha – dai dá para chutar – ou talvez você precise digitar os números em uma caixa de texto.

Você pode ter duas ou três seções de matemática na prova – depende da seção surpresa. A primeira seção de matemática é a mais fácil e dependendo do seu resultado nela a próxima seção de matemática pode ser mais fácil ou difícil.

>> Fui aceito para estudar no Exterior sem bolsa. E agora?

 

  • Terceira seção: Verbal Section

A seção verbal é uma prova de conhecimentos de inglês, ela é toda de múltipla escolha, mas em alguns casos tem mais de uma opção correta. Nessa parte você também tem 20 questões para responder em 35 minutos. Algumas questões pedem que você leia trechos de textos e indique o ponto de vista, ou o argumento do autor. Outras questões são focadas somente em vocabulário. Assim como a parte de matemática, dependendo do seu resultado na primeira verbal section a segunda verbal section pode ser mais fácil ou mais difícil (e isso influencia na nota, obviamente).

Como funciona a pontuação do GRE?

A pontuação das provas de Inglês e Matemática do GRE vão de 130 a 170 – sim, é um sistema bem estranho. Notas acima de 160 são consideradas muito boas, acima de 165 você é “Ivy League material”, quer dizer você pode aplicar para universidades como Harvard, Yale, Stanford etc. Uma nota mediana seria acima dos 150. No entanto, tudo que eu disser em relação as notas vai mudar dependendo do programa que você quer tentar, no caso, se você quer fazer linguística a nota de matemática e redação são bem importantes, obviamente que para exatas matemática é importante, para humanas, como literatura, inglês e redação são mais importantes. Além disso, as universidades levam em conta muitas outras coisas além do GRE, eu conheço pessoas que tiraram em torno de 145 na prova e ainda sim passaram com bolsa no programa que eles queriam.

>>> Onde brasileiros fazem pós-graduação pagando pouco

Caso você tire alguns pontos a menos do que o exigido pela universidade, eu acho que ainda assim você deveria tentar aplicar. No meu caso, eu tirei 0.5 a menos no Analytical writing do que era exigido para uma das universidades que eu estava aplicando. Eu decidi tentar mesmo assim e passei com bolsa (acabei não indo para aquela universidade).

O que significa estar acima do 50th percentile no GRE?

Algumas universidades vão pedir que você esteja acima do 50th percentile ao invés de pedir uma nota específica. Isso quer dizer que você tem que fazer mais do que seria a média das pessoas fazendo o teste naquela época. Esse gráfico aqui dá exatamente a nota que você precisa agora, mas os números mudam de acordo com o ano.

 

Quanto custa o GRE?

Como todas as provas padronizadas internacionais, o GRE não é barato. Em janeiro de 2019, o GRE está custando 205 dólares. No site da ETS, vocês podem consultar o preço atualizado. O pagamento pode ser feito no cartão de crédito ou via paypal.

Quanto tempo o resultado do GRE demora para sair?

O resultado da prova de matemática e inglês do GRE sai na hora, mas o resultado da prova de redação pode demorar até cinco semanas. Então fique atento para não se enrolar no prazo.

Todas as bolsas abertas

____________________________
larissa goulart flta fulbright honby scholarship partiu intercâmbio o que é gre

Oi, eu sou a Larissa Goulart eu sigo o Partiu Intercâmbio desde antes do nome ser esse, ou na época que a Bruna tinha feito 6 intercâmbios. Desde 2011, meu sonho é fazer mais intercâmbios do que ela, de lá para cá eu fui bolsista do Santander no Programa Santander Luso-Brasileiras, do British Council no Hornby, da Fulbright no FLTA e agora eu faço doutorado em Linguística Aplicada com bolsa da universidade nos EUA, mas ainda falta muito para eu alcançar a Bruna – torçam por mim.

 

 

 

Ah, toda terça-feira tem vídeo novo no nosso canal no YouTubeAssina aí pra não perder nadinha. A gente também está no Instagram, no Flipboard e no Twitter. Nesses canais, eu falo mais sobre como ganhar bolsa para fazer intercâmbio, como fazer carta de motivação e mais um monte de coisas. Obviamente, eu também respondo dúvidas. Só deixar elas aqui nos comentários do post. Já quem quer receber e-mail alertando de novas bolsas pode se inscrever na nossa newsletter. Quem tiver dúvidas, pode entrar no grupo do Partiu Intercâmbio no Facebook e postar por lá que a gente responde. Já pra saber mais sobre a Bruna e o Partiu Intercâmbio é só acessar esse post.

COMENTÁRIOS

4 respostas para “Larissa Goulart: o que é o GRE e como a prova funciona”

  1. Luidy Bellei disse:

    Oi Larissa, vc saberia se esse exame é requisitado em programas europeus tb, ou só mesmo nos EUA?? Imagino que os considerados bons mestrados, todos, exijam algo similar, ao menos. Ou uma prova específica da área de conhecimento.

  2. Larissa Goulart disse:

    Eu sei que no sul só tem em Curitiba.

  3. Bia disse:

    No Brasil, onde posso fazer o teste?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.