Mestrado em dança em Londres e outras cidades com bolsa Erasmus+

O Choreomundus é mais um programa Erasmus Mundus Joint Masters Degree que tem bolsas para fazer um curso organizado por mais de uma instituição europeia. Desta vez, estamos falando de um mestrado em dança com foco em conhecimento, prática e patrimônio ligados a essa forma de arte.

Bolsas na área das artes

O curso propõe uma análise da dança e de outras modalidades que envolvem movimento (rituais, artes marciais, jogos e teatro físico) como patrimônio cultural imaterial nos contextos da antropologia da dança e dos estudos sobre patrimônio.

O mestrado em dança é resultado de uma parceria entre quatro universidades reconhecidas pelos estudos na área: Universidade de Clermont Auvergne, na França; Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia, na Noruega; Universidade de Szeged, na Hungria; e Universidade de Roehampton, no Reino Unido.

Com duração de dois anos, a língua oficial de instrução do Choreomundus é o inglês. Mas, durante o curso, os alunos terão uma introdução ao francês, ao norueguês e ao húngaro.

>>> Como validar diploma obtido no Exterior

Como são as bolsas Erasmus+

Quem quiser concorrer a uma bolsa Erasmus+ para realizar o mestrado em dança na Europa deve se candidatar ao curso até o dia 25 de dezembro e indicar que deseja receber o benefício.

As bolsas para estudantes de países parceiros (grupo no qual o Brasil se encaixa) podem chegar a 49 mil euros. O valor inclui:

  • Total do curso: 18 mil euros;
  • Subsídio mensal de 1 mil euros (máx. 24 meses);
  • Auxílio para instalação e despesas de viagem: 4 mil euros por ano.

>>> Como fazer uma boa carta de motivação

Candidatura para o mestrado em dança na Europa

Para se candidatar ao mestrado em dança, é preciso ter graduação completa ou pós-graduação na área das humanas ou ciências sociais. É preferível que o candidato tenha formação em dança, antropologia, folclore, patrimônio, teatro, música, esportes ou estudos culturais, ou tenha experiência profissional equivalente.

Contudo, também serão considerados candidatos com um bom background em dança, mas com formação em outras áreas (como saúde, engenharia ou outras). Além disso, também é requisito saber inglês e ter pontuação mínima de 5.5 no IELTS.

>>> Como fazer pós-graduação no Exterior

O interessado deve demonstrar experiência ou conhecimento em dança. Isso pode ser feito das seguintes formas:

  • Vídeo (máx. 3 minutos) mostrando a própria dança, coreografia ou outras performances;
  • Ensaio (máx. 3 páginas);
  • Publicação relevante.

Além disso, para se candidatar também é preciso enviar duas cartas de recomendação, CV, carta de motivação, cópia do diploma e do histórico escolar.

Acesse a página do programa
Saiba mais sobre as bolsas
Inscreva-se

Todas as bolsas abertas

Ah, toda terça-feira tem vídeo novo no nosso canal no YouTubeAssina aí pra não perder nadinha. A gente também está no Instagram, no Flipboard e no Twitter. Nesses canais, eu falo mais sobre como ganhar bolsa para fazer intercâmbio, como fazer carta de motivação e mais um monte de coisas. Obviamente, eu também respondo dúvidas. Só deixar elas aqui nos comentários do post. Já quem quer receber e-mail alertando de novas bolsas pode se inscrever na nossa newsletter. Quem tiver dúvidas, pode entrar no grupo do Partiu Intercâmbio no Facebook e postar por lá que a gente responde. Já pra saber mais sobre a Bruna e o Partiu Intercâmbio é só acessar esse post.

Precisa de ajuda na candidatura?

Se você quer fazer pós-graduação no Exterior mas tá completamente perdido e precisa de ajuda, dá pra falar com o Partiu Intercâmbio. Sim, a gente presta consultoria ajudando quem quer fazer pós-graduação no Exterior com cartas de motivação e de recomendação, ajuda para preencher application, escolha das universidades, ajuda na busca por possíveis bolsas e tudo mais. Se você tiver interesse, é só colocar seus dados nesta planilha que a gente faz um orçamento sem compromisso.

COMENTÁRIOS

Uma resposta para “Choreomundus: mestrado em dança em Londres e outras cidades com bolsa Erasmus+”

  1. Geovana Blayer Ribeiro de Assis disse:

    Estou finalizando meu curso de design em dezembro e terei meu diploma somente em fevereiro também. Como faço neste caso? Posso me candidatar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *