Pós-graduação na Argentina: bolsas de estudo do Cenicet

bolsa para pós-graduação na Argentina cenicet

O Conselho Nacional de Investigações Científicas e Técnicas (Cenicet) está recebendo candidaturas para o seu programa de bolsa para pós-graduação na Argentina. Ele é voltado a estudantes provenientes de países latino-americanos. As inscrições vão até dia 12 de julho para doutorado na Argentina e até 28 de julho para pós-doutorado.

Bolsas na Argentina

Os benefícios são destinados a pesquisadores de qualquer área de conhecimento. Não são cobertas, porém, formações de capacitação profissional e de criação artística.

Bolsas de doutorado na Argentina

As bolsas de doutorado na Argentina têm duração de 60 meses e não são renováveis. Os bolsistas têm obrigação de se dedicar exclusivamente ao seu projeto de pesquisa. Eles só poderão acrescentar a sua remuneração um cargo de ensino secundário ou universitário com deduções horárias estabelecidas no regulamento do programa.

Para se candidatar a essa bolsa de pós-graduação na Argentina, é preciso ter terminado ou estar por concluir seus estudos anteriores. Não serão admitidos candidatos que já tenham sido beneficiados com bolsas de doutorado financiadas por outras instituições nacionais ou estrangeiras.

Os candidatos devem ter residência permanente no seu país de origem e se comprometer a retornar depois de concluir os estudos. As passagens aéreas, as despesas de instalação, o seguro e as taxas universitárias (se existentes) são de responsabilidade do candidato.

>>> Confira bolsas para  doutorado no exterior

Bolsas de pós-doutorado na Argentina

As bolsas de pós-doutorado são destinadas a candidatos quem já tenha sua tese de doutorado aprovada e estejam interessados em melhorar sua formação acadêmica. A duração máxima do programa nesse caso é de 24 meses.Também para o pós-doutorado se exige dedicação exclusiva, com exceção de cargos docentes secundários ou universitários.

No momento da apresentação da candidatura para essa bolsa de pós-graduação na Argentina, o interessado deve anexar uma versão preliminar da sua tese ou o certificado de aprovação da mesma. De qualquer forma, ela precisa ser defendida e aprovada antes da data estipulada para o começo da bolsa.

Os candidatos devem residir no seu país de origem e estar dispostos a retornar após o término dos estudos. As passagens aéreas, as despesas de instalação, o seguro e as taxas universitárias (se existentes) são de responsabilidade do candidato.

>>> Veja mais bolsas de pós-doutorado fora do país

Como se candidatar à bolsa para pós-graduação na Argentina

Para se candidatar à  bolsa de pós-graduação na Argentina, o interessado deve propor uma universidade de interesse. Ela deve ser definida após a escolha de um diretor/co-diretor durante a solicitação da bolsa para pós-graduação na Argentina.

Somente depois que esse diretor realizar os trâmites necessários, o candidato deve prosseguir com o processo de inscrição. Os documentos devem ser enviados via site (SIGEVA) e pelo correio. Para o envio postal, se considera a data de expedição da documentação.

Primeiramente, é necessário preencher a candidatura para a bolsa para pós-graduação na Argentina no site. O candidato deve enviar também um projeto de pesquisa nos moldes referidos no guia de candidatura. É importante notar que, uma vez feita a inscrição, não é possível modificá-la.

Após concluir essa parte eletrônica, é preciso fazer a apresentação impressa da candidatura. Basta imprimir os formulários e enviá-los por correio para a sede que será informada durante a inscrição.

Em caso de dúvidas, é possível enviar e-mail para concursobecas@conicet.gov.ar, indicando o tipo de bolsa de pós-graduação na Argentina que você deseja. Os resultados das seleções serão publicados em dezembro deste ano e as bolsas terão início em abril de 2019.

Acesse o edital do programa
Informações sobre a candidatura
Inscreva-se agora

Todas as bolsas

toda terça-feira tem vídeo novo no nosso canal no YouTubeAssina aí pra não perder nadinha. A gente também está no Instagram, no Flipboard e no Twitter. Nesses canais, eu falo mais sobre como ganhar bolsa para fazer intercâmbio, como fazer carta de motivação e mais um monte de coisas. Obviamente, eu também respondo dúvidas. Só deixar elas aqui nos comentários do post. Já quem quer receber e-mail alertando de novas bolsas pode se inscrever na nossa newsletter. Quem tiver dúvidas, pode entrar no grupo do Partiu Intercâmbio no Facebook e postar por lá que a gente responde. Já pra saber mais sobre a Bruna e o Partiu Intercâmbio é só acessar esse post.

Precisa de ajuda na candidatura?

Se você quer fazer pós-graduação no Exterior mas tá completamente perdido e precisa de ajuda, dá pra falar com o Partiu Intercâmbio. Sim, a gente presta consultoria para estudar no Exterior e auxiliamos com cartas de motivação e de recomendação, ajuda para preencher application, escolha das universidades, ajuda na busca por possíveis bolsas e tudo mais. Se você tiver interesse, é só colocar seus dados nesta planilha que a gente faz um orçamento sem compromisso.

>>> Ibero-americanas do Santander: bolsa para intercâmbio em Portugal + 8 países

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.