High School no Exterior: como funciona o intercâmbio no Ensino Médio

Início » intercâmbio » High School no Exterior: como funciona o intercâmbio no Ensino Médio
intercâmbio no ensino médio

Foto: Unsplash

Intercâmbio no Ensino Médio ou High School no Exterior é uma das modalidades mais procuradas e mais bacanas do mercado. Mas como nem todo mundo sabe bem como funciona, para ajudar os interessados, pesquisei por aí e busquei informações da minha própria memória (meu primeiro intercâmbio longo foi para fazer um ano da escola na Alemanha em 2003!) e juntei aqui algumas informações:

 

Como é o intercâmbio no Ensino Médio?

O intercâmbio de High School no Exterior funciona bem como você está imaginando: estudantes brasileiros entre 14 e 19 anos vão para países como Estados Unidos, Canadá, Alemanha, França, Bélgica, Japão ou qualquer outro país para estudar durante um semestre ou dois.  Eles aprendem matemática, geografia, literatura, todas as matérias que temos no Ensino Médio, só que no idioma local. A grande diferença para os cursos de idioma é justamente essa. Afinal, durante o período do intercâmbio, o estudante fica completamente imerso no aprendizado da língua e convive como um local.

Justamente por isso, essa modalidade é interessante até para quem não tem nenhum conhecimento prévio do idioma do país. Acredite! Todos os anos, muitos adolescentes brasileiros voltam fluentes em francês, alemão, italiano ou outros idiomas depois de uma temporada em uma escola no Exterior. Quando o jovem sabe aproveitar a oportunidade, fazer uma parte do Ensino Médio fora do Brasil é a forma mais rápida de se aprender uma língua, e não importa se o nível de conhecimento prévio era nenhum ou muito. Eu até já listei cinco motivos por que High School é o melhor tipo de intercâmbio para aprender um idioma.

Hospedagem

Nesta modalidade, normalmente os estudantes ficam em casa de famílias voluntarias previamente selecionadas (saiba como funciona a seleção das famílias) pela organização responsável pelo intercâmbio. Por conta disso, meses antes do embarque, o futuro intercambista preenche diversos documentos onde conta sobre si, sua família, seus hábitos e outras informações para mandar para as futuras famílias hospedeiras. Algumas semanas antes do embarque, os estudantes recebem as informações e os contatos da família hospedeira no Exterior. A partir daí, é possível fazer contato, ir conhecendo mais do ambiente que vai recebê-lo e, assim, diminuir a ansiedade. O apoio da família aqui e lá vai ser fundamental para que o estudante tenha uma boa experiência. Então, é importante estar aberto para conversar, participar e sempre fazer perguntas para não deixar nenhum mal entendido entrar no meio do relacionamento com a família hospedeira.

>>> Dicas para conviver bem com a família hospedeira durante o intercâmbio

Quem pode fazer High School no Exterior?

Jovens brasileiros de 14 a 19 anos que estejam cursando o Ensino Médio.  Em alguns programas, jovens recém saídos do 3° ano também podem ir. Normalmente, os interessados passam por testes de conhecimento de inglês e entrevistas.

Quando ir fazer intercâmbio no Ensino Médio?

É recomendável iniciar o processo de busca de uma vaga em uma escola no Exterior com, no mínimo, seis meses de antecedência. Diversas empresas brasileiras oferecem programas diferentes nas mais variadas partes do mundo. Os embarques normalmente ocorrem entre agosto e setembro ou entre fevereiro e abril, dependendo do semestre em que o aluno pretende estudar fora.

 

É possível aproveitar as matérias cursadas no Exterior no Brasil?

Sim, mas antes de ir viajar é indispensável conversar com a sua escola aqui no Brasil para ver o que eles recomendam, mas de forma geral, há a possibilidade de aproveitar o estudos, para isso, é necessário de informar na Secretaria de Educação do seu Estado. Alguns jovens também preferem repetir a série no Brasil por conta do vestibular, mas aí é uma escolha de cada um. Em um outro post, eu expliquei direitinho como é todo o processo de como validar as matérias cursadas durante um intercâmbio.

 

Quanto custa fazer High School?

Segundo uma estimativa feita pela Associação Brasileira de Organizadores de Viagens Culturais (Belta), os custos para um intercâmbio no Ensino Médio no Exterior podem variar de US$ 4 mil a US$ 78 mil (para escolas particulares e internatos). A média de gastos para fazer um programa destes, no entanto, fica em cerca de US$ 14,975. Em uma primeira olhada, os números podem parecer assustadores, mas os gastos com passagem, programa e seguro saúde variam bastante de país para país. Além disso, o preço também oscila de acordo com a moeda do país para onde se vai. Outra coisa interessante de se fazer na hora de calcular os custos, é colocar no papel tudo o que se gasta mensalmente no Brasil: mensalidade da escola, transporte, inglês, esportes e outras atividades. Ás vezes, depois disso, os pais percebem que o gasto anual aqui é o mesmo que seria para mandar os filhos um ano para o Exterior. Veja mais detalhes sobre quanto custa fazer intercâmbio durante o Ensino Médio.

>>> Seis bons argumentos para seus pais deixarem você fazer intercâmbio

Tem bolsa de estudos para intercâmbio no Ensino Médio?

Sim. Diversos programas de variadas organizações oferecem bolsas de estudos para fazer intercâmbio no Ensino Médio no Exterior. Fundações como a UWC Brasil, Rotary e Estudar. Além destes, outros programas como o AFS e o Jovens Embaixadores levam anualmente jovens brasileiros no Ensino Médio para Estudar no Exterior com bolsa completa.  Todas as bolsas que abrem eu posto no buscador do Partiu, é só acessar esse link regularmente para ver o que está aberto no momento. Agências também costumam fazer concursos e outras promoções que podem ajudar a realizar o sonho de estudar no Exterior. É só ficar ligado 😉

Veja a nossa série sobre intercâmbio de High School
Veja depoimentos de quem já fez High School
Encontre bolsas de estudo para fazer o High School no Exterior

Ah, toda terça-feira tem vídeo novo no nosso canal no YouTubeAssina aí pra não perder nadinha. A gente também está no Instagram, no Flipboard e no Twitter. Nesses canais, eu falo mais sobre como ganhar bolsa para fazer intercâmbio, como fazer carta de motivação e mais um monte de coisas. Obviamente, eu também respondo dúvidas. Só deixar elas aqui nos comentários do post 🙂

COMENTÁRIOS

68 respostas para “High School no Exterior: como funciona o intercâmbio no Ensino Médio”

  1. Ryan disse:

    Para pessoas de 13 anos como funciona quantos custa onde fico hospedado e etc..

  2. Ana Carolina Gomes disse:

    Estou pretendendo ir para um intercâmbio ano que vem e gostaria de saber se a UWC é de confiança

  3. Andresa Peixoto disse:

    Oi Bruna. Tenho uma dúvida. Tem como fazer todo o ensino médio fora? Passar os 3 anos nos Estados Unidos?

  4. Erika Salles disse:

    Eu gostaria muito muito muito de fazer um intercâmbio. Ja procurei por várias bolsas, mas não achei nenhuma. Eu vou cursar o 1° ano do ensino medio esse ano, em um instituto Federal aqui na minha cidade. Queria começar a estudar fora enquanto sou nova e é tudo mais fácil de aprender. Você sabe onde eu posdo encontrar mais bolsas? Ou uma agência que não cobre muito caro?

  5. Carol Yamamoto disse:

    só pode fazer 1 ano de intercambio?tipo,eu pretendo fazer no japao,mas nn da pra fazer do 1 ano 3 colegial? é so 1 ano?

  6. Tania disse:

    Olá, eu gostaria de obter uma informação. Se a pessoa já fez o 2o
    ano do EM aqui e vai cursar o ano 11 do high school na Austrália, ele pode equivaler ao 3o. ano do ensino médio aqui quando ela voltar?

  7. Saulo disse:

    Olá, eu queria saber se é possível fazer o high school e trabalhar ao mesmo tempo…

  8. Letícia Maria disse:

    Olá, gostaria de saber se é realmente possivel fazer high school sendo recem formado no Brasil? “Em alguns programas, jovens recém saídos do 3° ano também podem ir”

  9. Suely disse:

    Olá será que idade de 14 anos consigo faser um visto de estudante inglês pelo intercâmbio será Q é a prova o visto ! Será Q o visto não será negado será compensa !! É uma Chanse melhor ! Que têm pra ser a provado o visto!! Me ajuda nessa dúvida! Brigado

  10. Amāndå Britto disse:

    infelizmente estou na oitava com 18 de idade! em janeiro 2017 vou para EUA e posso fazer o ensino medio no EUA

  11. Karla Biato Assunçao disse:

    Ola , Bruna eu quero mandar meu filho no ano que vem pra fazer o segundo ano de High school nos EUA e ja tenho a familia americana pra recebe lo e ja tenho algumas escolas em vista e pensei em fazer tdo sozinha sem ajuda de agencias porque querem me cobrar praticamente o mesmo valor pra cuidarem dessa parte burocratica . Eu nao estou disposta a pagar tao caro so pra me ajudarem com os tramites entre escola e e visto , mas liguei pra uma das escolas omtem e me disseram que por serem uma escola publica eu preciso de assistencia de uma agencia local pra resolver a parte da escola , oque vc me sugere que eu faca ? tem alguma forma de conseguir o visto e a matricula sem pagar praticamente o mesmo valor total do intercambio ?

    • Cintia Cruz Carrilho disse:

      Oi, estou na mesma situação, quero mandar meu filho e já tenho uma família para ele ficar. Não queria fazer por agencia. Você descobriu como ?

    • Entra em contato com uma agência nos EUA direto. Talvez eles façam só a parte de documentação e tudo mais. Não sei muito sobre como fazer desta maneira, mas me parece a ideia mais sensata. ABraço

  12. Anna Paula disse:

    Olá, gostei muito do seu posts explicando tudo, mais eu tenho duvidas, Eu escola em escola Federal: IFMT – Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia, nessa escola temos oportunidade de fazer um curso técnico, eu fiz 14 anos agora em Janeiro, não entendi muito bem como funcina a selação, tipo, eles oferecem a bolsa de graça? ou temos que pagar?

  13. vitoria disse:

    olá tenho 14 anos e este ano estou indo para o 9 ano e falta 3 meses para comesa minha escola aqui no Brasil porém gostaria de saber se dá tempo para mim se escrever para fazer
    high school

  14. Anna Julia disse:

    Outra pergunta. Como faço para conseguir bolsas sem o UWC Brasil e todo restante que você falou? tipo que nem tentar conseguir uma bolsa na capital do estado só que a diferença é que é em outro país. Tenho que mandar algum tipo de email pra escola? esperar resposta?

  15. Anna Julia disse:

    E existe algum tipo de colégio interno?(tipo que eu possa morar no colégio) e oque posso fazer para conseguir ficar mais de um ano? (talvez vc diga que não tem como mas em casos de bolsas por exemplo não tem como tentar de novo?)

  16. Anna Julia disse:

    E como faço para conseguir bolsas no exterior? eu sei que você tem aqui mas é que eu não achei, Tipo eu tenho que fazer algum tipo de prova? e tem algum colégio interno (tipo que eu possa morar no colégio)? e o que devo fazer para conseguir ficar 1 ano? desculpa todas essas perguntas mas é que eu tenho um bom motivo.

  17. rejane abreu disse:

    vou me casar com um holandes de venlo e tenho uma filha q pretendo leva-la comigo pra morar na holanda e gostaria de saber se posso incluir ela nesse plano de intercambio?

    • Se você vai casar e morar na Holanda não é bem um intercâmbio, né? Sua filha vai ter que entrar na escola como qualquer criança normal do país. Talvez você só tenha que encontrar uma escola em que tudo seja em inglês ou ela vai ter que aprender holandês para poder acompanhar as aulas

  18. Lubs disse:

    Bruna amei o post, mas estou um pouco aflita em relação ao intercâmbio. Sou um ano adiantada na escola, me formarei com 16 anos. Aqui no Brasil tenho problemas com isso, não posso mudar de escola porque teria que voltar um ano. Seria possível fazer o último semestre nos EUA sem ter que voltar um ano? Beijos.

  19. Gabriela Campos disse:

    Olá Bruna, gostaria de saber como faço pra me inscrever nesses programas que oferecem bolsa completa? Eu pretendo fazer intercâmbio ano que vem no segundo semestre, seu post me ajudou muito. Obrigada.

  20. argedon progamer disse:

    Olá, eu estou muito interessado em fazer um intercâmbio para os eua, estou no 1º ano e pretendo fazer quando estiver no 2º ano do ensino médio, mas meus so deixar eu ficar 6 meses, teria algum programa para ficar 6 meses lá? Obrigado!

  21. Ester Marinho disse:

    Bruna, é possível eu que estou no 9 Ano conseguir intercambio já pra o primeiro semestre do 1 colegial?

  22. Lais Drumond disse:

    Amei ! meu sonho fazer Intercâmbio só estou terminando ensino fundamental (9 ano) tem possibilidade de consegui no ensino médio ?

  23. Laís Helena disse:

    Eu tenho 14 anos, e desde o inicio do ano venho pensando em fazer intercambio!

    Tenho uma preocupação, além da dificuldade para conseguir uma bolsa ou algo do tipo…
    Nunca repeti de ano, nem fiquei de recuperação ou algo do tipo, mas minhas notas também não são das melhores! (Essa questão me deixou beeem preocupada) E vi que tem que ter notas boas, isso me desanimo um pouco!

    Devo me preocupar muuuito com isso? Ou só tentar dar o meu melhor nas matérias, e continuar me inscrevendo para conseguir fazer o tão sonhado intercambio?!

    Please me responda?!

    Preciso mesmo de um concelho!

  24. Elen Souza disse:

    amei esse post Bruna, você foi por alguma agência? Eu to no 2° ano do ensino médio e vou fazer o intercambio depois que acabar (janeiro de 2017) mas to querendo fazer high school porque lá o ensino médio é até o 4° ano, acha que isso é possível?

    • Oi Elen, depende do país para onde você vai. Você deve informar seus planos quando estiver procurando pelo intercâmbio. Alguns programas não aceitam alunos depois que eles já terminaram o Ensino Médio no país de origem.

      • Agne disse:

        Bruna, mas esse orçamento é para quem vai estudar em escola publica também? Pq eu estava vendo no High school e esse orçamento é só para escola particular, e escolas publicas os pais só pagam despesas adicionais como passeios,material escolar e transporte,e é em semestre… Mas se estiver errada diz ai, pq to querendo fazer um ano no japão…

        • Agne, isso é um custo “médio”, o que quer dizer que existem programas mais baratos e programas mais caros. A maioria é em escola pública mesmo, mas dependendo da agência e do país que você escolhe, os custos são de 10 mil dólares ou mais :/ Para saber o preço exato, só indo de agência em agência pesquisando (o que eu aconselho você a fazer) e vendo o que cada uma oferece 🙂

    • Victor Emmanuel disse:

      Lá o Ensino Médio são 4 anos sim, mas eles contam a partir do 9º ano do Fundamental, entendeu? Você está no 2º ano do Ens. Médio, e lá nos EUA, por exemplo, você estaria já no 3º ano! Procure saber mais, posso estar enganado, porque eu vi isso em um vídeo de intercambio no youtube!!

  25. […] incrível. Quando cheguei pela primeira vez na escola foi como um sonho! Eu estava numa verdadeira High School americana. Já fiz amizades no primeiro dia.” O tamanho da escola foi uma das coisas que mais […]

  26. michelly bianca disse:

    Olá gente, estou querendo terminar meu ensino medio no exterior, más as bolsas parecem impossiveis de conseguir… viix :(… se alguém saber de projetos ou financiamentos mais em conta , favor falarem comigo por favor…!!! >< ^^

  27. […] todos os tipos de programa possíveis e imagináveis: cursos de língua de pouca duração, High School no Exterior, cursos de língua associados a outras atividades, como arte, esportes, etc. O primeiro passo é […]

  28. Jhessi disse:

    Aiwn meu Deus ultimamente ando vasculhando tudo caçando bolsas, oportunidades….Mais ou tem que falar a lingua do pais ou há outro problema envolvido! Acho que não vou conseguir !!! Isso me deixa plenamente triste

  29. […] Petroleum (BP). O programa seleciona jovens brasileiros todos os anos para passar um ano fazendo High School nos EUA e tudo isso só porque ela resolveu se dedicar a aprender inglês em casa, sozinha mesmo, […]

  30. […] vão dos clássicos sobre vistos e estudo nos Estados Unidos, estudar em Portugal, Como funciona o High School no Exterior, Intercâmbio como diferencial competitivo até coisas mais exóticas como migração e visto para […]

  31. Jose edson bento de sousa disse:

    oi bruna sou jose edson quero fazer um entercambio, nao sei se a senhora conhece o progama ganheo o mundo de pernanbuco, nao passei por causa de meio ponto e aqui estou agora querendo uma nova chance

  32. Pedro disse:

    Eu sou adiantado e entrarei no Ensino Médio com somente 13 anos (e farei em abril 14), sou bem inteligente e aprendo japonês desde os 12 anos. Não é possível eu ir no primeiro ano?

  33. 160848 disse:

    Assim, esse tipo de intercambio é feito por empresas pagas ou possue uma empresa volumtarias?

  34. […] verdade era: eu não queria ter de escolher aos 16 anos. Por isso, no meu caso, o intercâmbio uniu o útil ao agradável. Lembro que muita gente perguntava: vai passar um ano fora, mas e o […]

  35. […] arte, culinária, maquiagem e cinema. Também é possível passar um ano em um programa de High School  (o equivalente ao Ensino Médio no Brasil) ou cursar um semestre em uma universidade […]

  36. […] um no do Ensino Médio nos EUA, mas não tem condições financeiras para pagar um programa de High School no Exterior, essa é a sua chance. O Global Citizens of Tomorrow, concurso de bolsa de estudos para passar um […]

  37. Clara disse:

    Vc disse que fez intercâmbio na Alemanha, com que empresa vc foi e qual foi o seu custo

  38. Caroline disse:

    Tendo 19 anos posso fazer intercambio para o japão??
    conhece alguma empresa confiável??

    • Caroline, você deve procurar empresas que façam esse tipo de intercâmbio com o Japão. Não sei qual o limite de idade deles, cada país varia. Se tu rolar até o fim da página no blog, vai achar links de empresas de intercâmbio que podem te ajudar nisso.
      Abraço.

  39. Caroline disse:

    Quem tem 19 e esta cursando o supletivo tbm pode??

  40. Guilherme disse:

    Hiper curti seu post e as recomendações! Principalmente as empresas que voce recomendou! Vou me inscrever na seletiva da UWC Br, foi a que mais gostei… so nao gostei que tem que pagar a taxa de inscrição ^^
    Mas enfim… UWC Br é uma empresa conceituada mesmo neh? Nao é trote nao?? (Tive que perguntar porque esta bom demais pra ser verdade)

  41. sabrina alves disse:

    qual é o nível de inglês mesmo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *