Início » Guias » Dá para fazer pós e trabalhar no Canadá? Sim! Veja o passo a passo
como fazer mestrado e trabalhar no canadá sabrina silveira partiu intercambio

Sabrina Silveira tem 29 anos e foi com o marido pro Canadá

Não é por nada que Canadá é um dos destinos preferidos dos Brasileiros pra fazer intercâmbio. O país é apenas lindo, é bem receptivo com imigrantes de todos os cantos do mundo, lá se fala inglês e estudar por lá sai mais em conta do que nos Estados Unidos ou no Reino Unido, por exemplo. Se isso ainda não te convenceu: no Canadá dá para fazer pós e trabalhar. Mais que isso, se você for pra lá com seu parceiro, o visto de trabalho se estende ao acompanhante.

A Sabrina Silveira, de 29 anos, ao ficar sabendo disso, não hesitou e começou a planejar a ida. A jornalista especializada em design já tinha trabalhado em grandes meios de comunicação no Brasil, fundou a própria empresa e, ainda assim, resolveu que queria mais. Óbvio que não foi tudo feito de um dia pro outro, afinal, estudar no Canadá não é de graça e pros planos funcionarem é fundamental economizar bastante e ter muito planejamento antes de ir.

Para ajudar quem quer fazer a mesma coisa, a Sabrina escreveu este guia completíssimo <3 para ajudar quem quer fazer as malas e partir pro Canadá. Confiram:

como fazer mestrado e trabalhar no canadá sabrina silveira e o marido partiu intercambio

Sabrina e o marido estão morando em Vancouver

 

 

Fazer pós e trabalhar no Canadá

“Em 2014 decidi (na verdade decidimos, porque eu tenho um parceiro de vida e de aventuras) que era hora de embarcar em um novo intercâmbio e dessa vez aproveitar para para aprofundar mais meus conhecimentos na área de Design. Como eu já havia estudado Inglês por um ano em Dublin, na Irlanda, em 2009, uma boa base do idioma estava garantida. Decidimos então pelo Canadá (por vários motivos) e ai começou a minha busca por cursos de pós graduação que se encaixassem no que eu buscava.

Como não contei com bolsa de estudos, tive que juntar uma boa grana para pagar a pequena fortuna que os estudantes internacionais pagam por aqui. No caso dos Post Degree Diplomas, algo em torno de 10mil a 15mil dólares canadenses por ano. Ainda assim mais barato se comparados a cursos nos Estados Unidos.
Atualmente os programas de ensino superior estão com uma procura muito alta, pois desde 2014 não é mais concedido visto de trabalho a estudantes de cursos de inglês. O caminho do curso superior aqui também é muito comum para aqueles que no futuro querem tentar aplicar para uma residência permanente no Canadá. Por isso é necessário se programar e se inscrever com antecedência para não perder a vaga no curso que você escolher.

O que levar em conta para escolher uma pós no Canadá

Encontrar o curso foi a parte mais complicada do processo (mentira, pior foi juntar a grana necessária 😀 ). Nossa primeira ideia era ir para Toronto, mas as opções nos levaram a Vancouver e escolhi o Post Degree Diploma em Web and Mobile Design, no Langara College. Como eu queria ter a possibilidade de estender meu visto para seguir trabalhando aqui após o término das aulas, o curso precisava ser em uma Designated Learning Institution, que dá direito ao Post Graduation Work Permit (PGWP), uma permissão para trabalhar full-time depois de formado. O tempo dessa permissão depende da duração do curso. No meu caso, de dois anos, o PGWP será de no máximo três anos. Esse programa também me permitiu estender um visto de trabalho full-time para o meu marido pelo tempo que eu estiver estudando por aqui.

 

da para trabalhar e estudar no canadá sabrina silveira partiu intercambio

 

Precisa saber inglês:

Sim. Para começar a pensar em fazer qualquer tipo de curso superior no Canadá, é preciso comprovar o seu nível de Inglês com uma prova de proficiência. Tanto o Ielts quanto o Toefl são amplamente aceitos por aqui. A nota mínima necessária varia muito de acordo com a instituição e o curso. A minha dica para quem nunca fez nenhuma das provas é praticar com simulados, pois a prova testa muito mais a sua agilidade e sua capacidade de compreensão do que seus conhecimentos gramaticais.

 

Traduções escolares

Para um curso de pós graduação é preciso apresentar tradução juramentada de todo seu histórico escolar. Eu tive que traduzir diploma e histórico de Ensino Médio, Bacharelado e da pós-graduação que eu já havia cursado no Brasil. Esta última não seria necessária, mas no meu caso eu achei importante para justificar a minha escolha pelo curso, pois a minha formação inicial é em Jornalismo, mas me especializei em Design Gráfico posteriormente. O melhor é verificar com a escola antes de fazer as traduções para não gastar dinheiro a toa.

 

Carta de intenções ou carta de motivação:

Essa carta nada mais é do que uma explicação formal do porquê você tem interesse nesse curso. Se o programa não tem a ver com o seu histórico até então, esse é o momento de dizer por que você quer cursá-lo.

 

Aqui vocês encontram 5 dicas do que NÃO fazer na carta de motivação 😉

 

Candidatura na Universidade

Geralmente é feito tudo online tanto o visto como a candidatura para a Universidade no Canadá. Você mesmo pode fazer ou pode contar com a ajuda de uma agência, que vai fazer por você e cobrar por isso. Na candidatura, você envia um formulário preenchido e assinado, as traduções e copias originais dos diplomas, a carta de intenções, cópia do passaporte e do seu certificado de proficiência. Alguns programas exigem também um portfólio.

O processo de visto para fazer pós e trabalhar no Canadá

Só depois de receber a Letter of Acceptance (LOA), ou carta de aceitação, que você pode encaminhar o seu pedido de visto. Nessa carta vem escrito o valor total do seu curso, no qual a imigração vai se basear para avaliar a sua comprovação financeira. Nesse caso você precisa comprovar em conta o valor valor total para pagar pelo menos o primeiro ano do curso e mais CAD$10.000, caso você esteja sozinho. Dá para ver a tabela completa de valores e todos os documentos exigidos para obter o visto para fazer pós e trabalhar no Canadá.

 

 

estudar e trabalhar no canada sabrina silveira partiu intercambio

 

>>> Confira todos os guias do Partiu Intercâmbio sobre estudar no Exterior
>>> Veja bolsas para estudar no Canadá

Como é fazer um curso superior no Canadá?

Depois de um ano por aqui estudando posso dizer que é uma experiência completamente diferente do que vivemos no Brasil, onde as pessoas que fazem pós já estão trabalhando, certamente em alguma fase mais avançada na carreira e buscam se aperfeiçoar. Por aqui o curso é composto por estudantes mais jovens, é full-time (ou seja, você vai cumprir uma escala que pode ser da manhã até a noite) e vai ter MUITOS trabalhos e provas.

Mesmo com a permissão de trabalho part-time durante o curso, a maioria dos estudantes arrumam empregos no comércio ou em restaurantes, onde podem cumprir uma escala com horários alternativos e finais de semana. Por isso a vantagem de vir em casal, já que o acompanhante pode trabalhar full-time e ajudar nas despesas. Como designer, consigo trabalhar na área fazendo freelas para agências daqui e ainda mantenho alguns trabalhos no Brasil.

da para trabalhar e estudar no canada sabrina slveira partiu intercambio

e Vancouver, no Canadá, tem uma vida cultural intensa 🙂

Além de vir ciente de que a carga de estudos é mais intensa do que estamos acostumados, é essencial estar de cabeça aberta para diferenças culturais. O Canadá incentiva muito a imigração e as salas de aula (assim como a cidade toda) são compostas por estudantes de diferentes países, principalmente China e Índia.

Morar em Vancouver para fazer pós e trabalhar tem sido uma experiência incrível e a possibilidade de seguir aqui trabalhando após o curso é o que faz todo o esforço e investimento valer a pena. Além de ser uma das 5 melhores cidades do mundo para se viver ainda é a cidade com o clima mais ameno do Canadá, de inverno com médias em torno dos zero graus e verão agradável, e paisagens de tirar o fôlego.”

como fazer mestrado e trabalhar no canadá sabrina silveira partiu intercambio 2

Curtiu e quer falar com a Sabrina sobre fazer pós e trabalhar no Canadá? É só mandar uma mensagem pra ela no Instagram @sabrinaps

 

>>> Confira todos os guias do Partiu Intercâmbio sobre estudar no Exterior
>>> Veja bolsas para estudar no Canadá

COMENTÁRIOS

  • Rodrigo Flores

    Olá. Saberia dizer se tem PGWP para o doutorado? Obrigado.