bolsas para estudar na Hungria budapest

Stipendium Hungaricum: bolsas para estudar na Hungria

O programa Stipendium Hungaricum oferece bolsas para estudar na Hungria e está de volta no ano letivo de 2024-2025. Ele baseia-se em acordos bilaterais de cooperação assinados pelos ministérios da educação de diferentes países.

O programa Stipendium Hungaricum Brasil

Atualmente, o Stipendium Hungaricum possui cerca de 90 parceiros em cinco continentes do mundo. O programa é organizado pela Tempus Public Foundation, uma organização ligada ao governo húngaro.

A fundação tem como missão principal aumentar o número de estrangeiros na Hungria e incentivar as instituições de ensino a atrair estudantes de excelência. As candidaturas para brasileiros vão até dia 15 de janeiro de 2024.

>> Melhores bolsas para intercambio

Como são as bolsas para estudar na Hungria

As bolsas para estudar na Hungria contemplam vários níveis de estudo: graduação, mestrado, doutorado, cursos preparatórios em húngaro e intercâmbios de um ou dois semestres em todos os níveis da educação superior.

O programa prevê isenção de taxas universitárias, um auxílio mensal de cerca de 365 euros (no início) e 470 euros (no final) para doutorado e de 110 euros para o restante dos cursos durante todo o período de estudos.

As bolsas para estudar na Hungria também incluem alojamento gratuito ou uma ajuda de custo para acomodação. Os selecionados ganham também seguro médico.

>>> Melhores bolsas para estudar no Canadá

Requisitos e candidatura no Stipendium Hungaricum

O interessado tem a oportunidade de escolher entre opções de uma lista de quase 30 instituições de ensino húngaras e mais de 800 cursos nas mais variadas áreas. Há também a possibilidade de estudar em inglês, francês, alemão e húngaro.

Para se inscrever às bolsas para estudar na Hungria, é preciso ter mais de 18 anos e consultar as informações referentes ao Brasil no site do programa.

Ainda, os candidatos a doutorado precisam encontrar um supervisor, conforme as regras da instituição de escolha.

De modo geral, é preciso enviar para a Tempus Public Foundation os seguintes documentos:

  • Formulário de inscrição preenchido;
  • Carta de motivação;
  • Diploma (de acordo com o nível exigido pelo curso);
  • Histórico escolar;
  • Certificado médico (se aplicável);
  • Cópia do passaporte;
  • Certificado de proficiência em inglês ou outro idioma;
  • Cartas de recomendação;
  • Portfólio (se aplicável);
  • Pré-projeto de pesquisa (se aplicável).

Bolsas para estudar na Hungria: programas e áreas elegíveis

Estudantes do Brasil interessados no Stipendium Hungaricum podem se candidatar para diferentes tipos de curso e em diversas áreas. Confira abaixo mais detalhes sobre as possibilidades de estudar na Hungria de graça com a bolsa

  • Graduação completa: Agricultura, Engenharia, Ciências Naturais, Esporte, Ciências Sociais, Artes;
  • Mestrado completo: Agricultura, Engenharia, Ciências Naturais, Esporte, Ciências Sociais, Artes;
  • Doutorado pleno: em qualquer área acadêmica;
  • Graduação sanduíche: Agricultura, Engenharia, Ciências Naturais, Esporte, Ciências Sociais, Artes;
  • Mestrado sanduíche: Agricultura, Engenharia, Ciências Naturais, Esporte, Ciências Sociais, Artes;
  • Doutorado sanduíche: em qualquer área acadêmica.

Bolsistas do programa dão dicas

Aqui no Partiu Intercâmbio, já conversamos com mentorados aprovados em diversos programas de bolsa de estudos na Europa. O Rafael, turismólogo, estuda relações internacionais na Hungria com bolsa do Stipendium Hungaricum Brasil na Pécs Univestity e deu dicas sobre os cursos inscrição e outros detalhes.

Mais dicas para ganhar a bolsa para estudar na Hungria de graça vocês encontram nesse texto da Littieri Lamb. Ela fez mestrado em Arquitetura na Hungria, na Budapest University of Technology and Economics (BME, na sigla em húngaro) com bolsa do programa Stipendium Hungaricum e deu ótimas dicas para quem quer estudar no país.

>>> Mais bolsas para estudar na Europa

Precisa de ajuda para candidatar?

O Partiu Intercâmbio tem um programa de mentoria para estudar fora que já ajudou milhares de brasileiros a ganharem bolsas de estudos para estudar no Exterior. Confira no vídeo abaixo o que alguns dos nossos mentorados têm a dizer sobre o auxílio oferecido pela mentoria do Partiu Intercâmbio:

Aqui você pode conferir o que nossos mentorados falam sobre nosso programa de auxílio. A mentoria abre inscrições todos anos em janeiro e em julho e você pode se inscrever para receber avisos de quando as inscrições abrem e alertas de bolsas de estudos no Whatsapp.

Tá com dúvida se o acompanhamento completo da mentoria faz sentido pra você? Marque um horário individual pra tirar dúvidas e encontrar as melhores oportunidade pro seu perfil.

Economize em moeda estrangeira do Brasil

Recomendamos juntar dinheiro em moeda estrangeira e pagar a taxa da sua prova de proficiência usando a conta multimoedas do Wise (ex-Transferwise). A conta é gratuita e com ela você faz pagamentos da taxa de inscrição em processos de seleção em universidades ou junta dinheiro em moeda estrangeira com taxas muito menores. No lugar de pagar os 12% que seu banco cobraria, com o Wise você paga só 1,3% de taxa sobre a operação ou menos

Saiba tudo sobre o programa
Veja a lista dos cursos e instituições
Veja informações sobre a candidatura

<

Toda semana tem vídeo novo no nosso canal no YouTubeAssina aí pra não perder nadinha. A gente também está no Instagram, no TikTok, no Twitter e no LinkedIn. Nesses canais, eu falo mais sobre como ganhar bolsa para fazer intercâmbio, como fazer carta de motivação e mais um monte de coisas. Já quem quer receber alerta de novas bolsas de estudo pode se inscrever no nosso canal no no Telegram ou na nossa newsletter é grátis. Os apoiadores do Partiu Intercâmbio recebem dicas exclusivas no Whatsapp e também por e-mail. A gente também presta consultoria para orientar quem quer estudar no Exterior entre em contato e realize o sonho de estudar fora!

Sobre o autor

Jaqueline Crestani

Bolsas relacionadas

9 comentários em “Stipendium Hungaricum: bolsas para estudar na Hungria”

  1. Gente, eu preciso muito de ajuda, eu quero muito entrar na “international law enforcement academies”, eu fiz várias pesquisas para saber um pouco mais sobre, porém não encontro como eu consigo entrar! Preciso muito mesmo de ajuda!!!!!

  2. Também não entendi essa parte “As candidaturas só serão consideradas se o candidato for nomeado pelas autoridades responsáveis do parceiro remetente.”

  3. Olá bolsista rs
    você sabe se o programa dá bolsas apenas para curso de inglês? venho procurado por uma bolsa de curso de inglês mas é bastante difícil.

  4. Tenho 17 anos, completo 18 em 20 de fevereiro, gostaria de saber, se é possível o processo de candidatura, levando em consideração, que terei terminado o ensino médio até lá e certificado de proficiência em inglês

  5. Olá! Não entendi essa parte: “As candidaturas só serão consideradas se o candidato for nomeado pelas autoridades responsáveis do parceiro remetente.” Como sei quem é o remetente? Mesmo para concorrer às bolsas de graduação tenho que está filiado a uma universidade? Obrigado e parabéns pelo conteúdo!

  6. Sou bolsista do Stipendium e apesar da bolsa não cobrir todos o gastos do estudante e da concorrência ter aumentado muito no ultimo ano, é uma grande oportunidade!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Quem faz?

Bruna Passos Amaral é jornalista, viajante, entusiasta da educação e apaixonada por idiomas. Na bagagem, são nove intercâmbios – dois nos Estados Unidos, seis na Alemanha e um na Finlândia – e passeios por diversos países. Participe, mande relatos, perguntas ou sugestões. Os comentários no site são sempre respondidos!

Assine nossa newsletter

Cadastre-se e saiba das bolsas de estudos antes.

Redes Sociais