Bolsas para mestrado em turismo do vinho na Espanha, França e Portugal

Sabia que entre tantos programas do Erasmus Mundus Joint Master Degree tem um que dá bolsas para mestrado em turismo do vinho na Europa? Pois é, tá aí uma grande oportunidade para estudar em universidades com know-how na área, localizadas em regiões com tradição na produção da bebida.

Bolsas de mestrado

O Mestrado em Inovação no Turismo do Vinho (Erasmus Mundus Master on Wine Innovation – WINTOUR) se propõe a preparar e qualificar profissionais sobre turismo e indústria do vinho. O objetivo é desenvolver e promover inovações no setor. Para isso, o curso oferece uma abordagem multidisciplinar que engloba teoria e prática.

>> Veja todas as bolsas de mestrado do Erasmus na Europa

São dois anos estudos, sendo o 1º semestre na Universidade Rovira i Virgili, em Tarragona, na Espanha; o 2º na Universidade de Bordeaux, na França; e o 3º na Universidade do Porto, em Portugal. O 4º semestre será dedicado à produção da dissertação e ao estágio profissional, que deverá ser realizado em uma das associações parceiras do programa.

As bolsas para mestrado em turismo do vinho na Europa são projetadas para cobrir as despesas dos estudantes durante o inteiro período do WINTOUR. Para os alunos de países parceiros (Partner Countries, ou seja não europeus) serão distribuídas até 13 bolsas. Os benefícios do Erasmus + incluem todos os custos de participação no mestrado (18 mil euros), um subsídio mensal de 1 mil euros (máx. 24 meses) e auxílio para instalação e despesas de viagem de 4 mil euros por ano.

>>> Como validar diploma de mestrado do Exterior no Brasil

Requisitos para entrar no WINTOUR

No total, serão selecionados 28 alunos para entrar no curso no próximo ano. Para se candidatar ao WINTOUR é preciso possuir graduação completa em alguns dos seguintes cursos ou equivalentes: turismo, economia, administração, marketing, agronomia, biotecnologia, relações internacionais e outros. Além disso, também é obrigatório ter certificado de proficiência em inglês (no mínimo B2 em provas como Cambridge, IELTS, TOEFL).

>>>Bolsa Erasmus: bolsista conta sobre experiência no Choreomundus, bolsa para Mestrado em Dança

A motivação, a experiência de atuação na área e o conhecimento de alguma das línguas das universidades sede também serão levados em consideração. Lembrando que, como nos outros programas Erasmus Mundus, para concorrer a uma das bolsas para mestrado em turismo do vinho, o candidato de um país parceiro não pode ser residente na Europa e nem ter estudado ou trabalhado em um país europeu por mais de 12 meses nos últimos cinco anos.

>>> O que fazer quando você é aceito para estudar fora sem bolsa

Candidatura e seleção das bolsas para mestrado em turismo do vinho

O período de candidatura para alunos interessados nas bolsas para mestrado em turismo será de até 6 de fevereiro de 2020. Em um primeiro momento, o candidato deve preencher o formulário de inscrição online e pagar uma taxa de 30,21 euros. Depois de ter cumprido essa primeira etapa da candidatura, será enviado um e-mail com instruções sobre como se dará o carregamento dos seguintes documentos:

  • Cópia do passaporte;
  • Diploma;
  • Histórico escolar;
  • Currículo em inglês (formato Europass);
  • Certificado de proficiência em inglês;
  • Carta de motivação em inglês (máx. 2 páginas);
  • Certificado de conhecimento em outras línguas;
  • Comprovante de residência;
  • Certificado do local de trabalho ou estudo emitido pelo empregador ou instituição de ensino;
  • Declaração assinada pelo candidato sobre: não ter sido beneficiado anteriormente por uma bolsa desse tipo e não ser residente nem ter morado por mais de 12 meses na Europa nos últimos cinco anos.

>>>Erasmus Mundus: brasileiros tiram dúvidas sobre o programa

A seleção será baseada nos seguintes critérios: currículo e histórico acadêmico – 50%; carta de motivação e projeto profissional – 30%; experiência profissional no campo e outros intercâmbios – 10%; outras línguas (especialmente espanhol, francês ou português) – 10%. O resultado deve ser divulgado em maio.

Se você está pensando em se inscrever para este ou qualquer outro programa do Erasmus Mundus, não deixe de conferir a conversa que tivemos com brasileiros que estudam ou já estudaram na Europa com bolsas do programa:

Economize no pagamento da taxa de cursos no Exterior

Brasileiros com cidadania Europeia podem fazer os cursos Eramus pagando taxas muito menores. A Remessa Online é parceira do Partiu Intercâmbio e garante 15% de desconto no spread de transações em moeda estrangeira para os leitores: só usar o código partiuintercambio no site para garantir o benefício! O site e o atendimento todo são feitos em português e o Remessa é das poucas plataformas quem autorizam transferências para pessoas jurídicas e estabelecimentos comerciais. Assim, você pode pagar a matrícula do seu curso fazendo uma boa economia. No lugar de pagar os 12% que seu banco cobra, com os nossos parceiros você paga só 1,3% de taxa sobre a operação e ainda tem o desconto de 15% sobre a taxa ao usar o código partiuintercambio no site.

Saiba tudo sobre a estrutura do curso
Veja mais informações sobre as bolsas de estudo
Passo a passo sobre a candidatura
Acesse o formulário de inscrição

Todas as bolsas Erasmus Mundus

Toda terça-feira tem vídeo novo no nosso canal no YouTubeAssina aí pra não perder nadinha. A gente também está no Instagram, no Flipboard e no Twitter. Nesses canais, eu falo mais sobre como ganhar bolsa para fazer intercâmbio, como fazer carta de motivação e mais um monte de coisas. Obviamente, eu também respondo dúvidas. Só deixar elas aqui nos comentários do post. Já quem quer receber e-mail alertando de novas bolsas pode se inscrever na nossa newsletter. Pra saber mais sobre a Bruna e o Partiu Intercâmbio é só acessar esse post. Os apoiadores do Partiu Intercâmbio recebem alertas de bolsas de estudos segmentados e dicas exclusivas no Whatsapp e também por e-mail. A gente também presta consultoria para quem quer estudar no Exterior e você pode pedir um orçamento sem compromisso.

COMENTÁRIOS

5 respostas para “Bolsas para mestrado em turismo do vinho na Espanha, França e Portugal”

  1. Lily Dupuy disse:

    Bibliotecária formada em universidade pode se aplicar? E sou guia de turismo – nivel técnico – diplomada na RIO TOUR , com larga experiência na Disney World.

  2. RAFAELA ALMEIDA disse:

    TENHO UMA DUVIDA QUANTO AO TESTE DE PROFICIÊNCIA, GOSTARIA DE MAIORES INFORMAÇÕES

  3. Cássio Carmo Plácido Santos disse:

    Sou Brasileiro, residente na Espanha, me interessa informacoes sobre bolsas para mestrado.

  4. Narayane disse:

    Licenciado em História também pode concorrer?

  5. Ana Shellida Brandão disse:

    Sou estudante de Hotelaria e adorei essa publicação e me interessei bastante pelo programa. Precisamos de mais informações dessa natureza!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.