Programa da Magnum dá bolsas em fotografia e justiça social em NY

bolsas em fotografia e justiça social magnum nova york

Lindokuhle Sobekwa / Divulgação Magnum Foundation

O Programa de Fotografia e Justiça Social da Magnum Foundation busca ampliar a diversidade e a criatividade no campo da fotografia documental por meio da capacitação e exploração crítica. Em uma parceria com a Escola de Jornalismo da The City University of New York, ele oferece bolsas em fotografia para jornalistas ou fotógrafos em início de carreira.

Bolsas para curso curto

Todos os anos, o programa apoia um grupo diversificado e internacional de bolsistas. Os selecionados devem ser apaixonados por desafiar a injustiça, buscar a igualdade social e promover os direitos humanos através da fotografia.

Com a cidade de Nova York como um “recurso cultural”, a ideia do programa é oferecer um espaço para a experimentação e o desenvolvimento de projetos orientados por mentores da Magnum e relacionados às comunidades de origem do bolsista.

>>> Programa do World Nomads dá viagem e curso de fotografia no Marrocos

Como são as bolsas em fotografia e justiça social

A Magnum Foundation cobre os custos da viagem, a hospedagem e a alimentação em Nova York. Os selecionados também recebem um valor simbólico como “salário” para apoiar a produção dos seus projetos.

O programa começa com um “curso” online de duas semanas que fornece uma base conceitual para o desenvolvimento dos projetos. A segunda parte acontece em NY de 1 a 30 de junho. Ela é composta por um treinamento organizado pela universidade. Essa fase inclui, por exemplo, a exploração de ferramentas e plataformas emergentes relacionadas à fotografia. A produção dos projetos está prevista para ocorrer entre julho e setembro de 2020. Para revisão final dos projetos e orientação com foco em engajamento social e estratégias de apresentação criativa.

>>> Como fazer intercâmbio sem gastar demais

Requisitos para participar do programa

Os candidatos devem ser fotógrafos iniciantes ou indivíduos treinados em áreas afins que estejam motivados a aprofundar seu envolvimento com a fotografia e a narrativa visual.

Os selecionados para o programa normalmente fazem parte de grupos sociais, políticos ou culturais que são atualmente ou historicamente oprimidos ou excluídos. Eles podem ser ainda originários de contextos onde a liberdade de expressão é limitada.

O objetivo das bolsas em fotografia é também apoiar especialmente pessoas negras, mulheres e indivíduos LGBT. Ele também busca contemplar ativistas ou pessoas que fazem parte de minorias raciais, étnicas ou religiosas cuja autoria é representada de forma desigual no campo da fotografia documental.

>>> Oportunidades na área dos direitos humanos

O programa foi pensado também no sentido de preparar líderes criativos para atuarem em suas comunidades de origem. Além disso, a ideia é também que eles sirvam de inspiração para movimentos sociais e para o estímulo ao debate e à conscientização sobre questões sociais importantes.

É requisito para participar do programa ter inglês fluente, tanto falado quanto escrito. Será dada prioridade a candidatos que não tenham tido oportunidade prévia de estudar fotografia formalmente em nível universitário.

>>> Concurso de fotos dá viagem para Paris com tudo pago como prêmio

Como se candidatar para as bolsas em fotografia da Magnum

É possível enviar a candidatura ao programa até o dia 15 de outubro. As inscrições são online e devem ser feitas no site da Magnum Foundation.

Os finalistas serão entrevistados para avaliação do nível de conhecimento do inglês. Os selecionados para as bolsas em fotografia serão notificados até janeiro.

Sobre a Magnum Foundation

A Magnum Foundation é uma instituição que tem como objetivo expandir a criatividade e a diversidade na fotografia documental. Através de prêmios, mentorias e colaborações criativas, ela se associa a criadores de imagens socialmente engajados experimentando novos modelos de storytelling.

>>> Veja outras bolsas na área da fotografia

Escola de Pós-Graduação em Jornalismo da The City University of New York

A parceira da Magnum no programa de fotografia e justiça social é a Escola de Pós-Graduação em Jornalismo da The City University of New York (Cuny). Ela prepara estudantes de diversas origens econômicas, raciais e étnicas para produzir jornalismo de alta qualidade em uma época de transformações rápidas.

Saiba tudo sobre o programa
Inscreva-se agora

Todas as bolsas

Toda terça-feira tem vídeo novo no nosso canal no YouTubeAssina aí pra não perder nadinha. A gente também está no Instagram, no Flipboard e no Twitter. Nesses canais, eu falo mais sobre como ganhar bolsa para fazer intercâmbio, como fazer carta de motivação e mais um monte de coisas. Obviamente, eu também respondo dúvidas. Só deixar elas aqui nos comentários do post. Já quem quer receber e-mail alertando de novas bolsas pode se inscrever na nossa newsletter. Pra saber mais sobre a Bruna e o Partiu Intercâmbio é só acessar esse post. Os apoiadores do Partiu Intercâmbio recebem alertas de bolsas de estudos segmentados e dicas exclusivas no Whatsapp e também por e-mail. A gente também presta consultoria para quem quer estudar no Exterior e você pode pedir um orçamento sem compromisso.

COMENTÁRIOS

2 respostas para “Programa da Magnum dá bolsas em fotografia e justiça social em Nova York”

  1. Ana Paula disse:

    Para participar do programa, é exigido o domínio da Língua inglesa. Porém, o contexto brasileiro, só serão contemplados pessoas com maior poder aquisitivo. Levando em conta que a maiorias das escolas públicas e o público ao qual a bolsa de estudo pretende atender, não possui domínio da língua inglesa.
    A bolsa pretende abordar questões sociais e acredito que não existem melhores representantes para contar as suas histórias que não sejam as pessoas oriundas dos espaços fragilizados pelos poderes públicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.