Quer um destino diferente para intercâmbio? Que tal Omã? - Partiu Intercâmbio

Na contramão dos destinos mais preferidos pelos intercambistas, bem mais gente do que você imagina optou pelo Oriente Médio para experiências de estudo ou trabalho. A Carolina Dalla Chiesa, hoje formada em administração, foi parar em Omã em 2010. Já que a ideia de estudar fora estava ligada à curiosidade de conhecer países mais inusitados, ela foi atrás de uma vaga para trabalhar em uma ONG no Omã. O relato é curtinho, mas vale a pena ver o que ela contou de lá e conhecer um pouco da cultura mulçulmana, de um jeito que não é muito divulgado por aqui:

Carolina na Jebel Shams, a maior montanha do Golfo. “Fiz uma trilha e camping para chegar à montanha. Depois de 6 horas caminhado, não chegamos na montanha e nos perdemos.”

“Lembro que antes de vir para Omã as pessoas me olhavam como se eu fosse louca: para que ir para um lugar que ninguém conhece, cuja língua você não fala e além disso, muçulmano? A imagem que vem à cabeça das pessoas quando falamos em árabes, são imagens de extremistas religiosos e guerras em nome de Allah. O segundo motivo de espanto das pessoas, tratava-se de quando eu dizia: vou trabalhar numa ONG que desenvolve projetos para mulheres se inserirem nas eleições.

Confesso que no início fiquei com medo, graças às várias informações negativas que recebemos sobre os países árabes. No entanto, o que encontrei foi um povo extremamente receptivo e pacífico. Omanis têm orgulho de respeitarem as outras culturas e serem bastante hospitaleiros. Além de tudo, omanis AMAM brasileiros e tudo que vem do Brasil!


Os camelos ficam assim, caminhando no meio da estrada. Tem que cuidar pra não atropelar

Não, não preciso usar burca. Não, nem véu.

Ao contrário do que se pensa, nem todos os países islâmicos seguem uma interpretação rígida da religião. Mesmo aos muçulmanos omanis, reserva-se o direito de alguém querer ou não usar as véu ou não. Para mim, intercambista, não é necessário usar nada disso. Eu tenho certeza de esta tem sido a melhor experiência de trabalho que já tive. Esses sete meses em um país bastante diferente tem superado mais que as expectativas. O povo omani é legal, o trabalho é ótimo, a estrutura do país é excelente. Recomendo Omã. Muito. E mais que isso, recomendo fazer intercâmbio.”

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.