Início » intercâmbio » Pausa para a dissertação e já voltamos

11154985_10205529958060876_875050627305579852_o

Não sei quantos de vocês sabem, mas esse site inteiro é feito por uma Bruna só. Até dia 26 de junho estarei na função de terminar minha dissertação de mestrado aqui na Alemanha. Fazer uma dissertação, não um negócio muito fácil. Confesso que anda tudo bem de  ponta-cabeça ultimamente. Não posso prometer que seguirei postando, mas me conheço. Sei que não vou abandonar isso aqui completamente.

No entanto, peço a compreensão e a gentileza de vocês: não estou respondendo e-mails e mensagens no Facebook. Sigo tentando responder todos os comentários feitos aqui (como sempre fiz), mas o resto é demais pra mim nesse momento meio doido da minha vida. Vou postar sempre que precisar arejar a cabeça de pensar em Twitter, futebol, celebridades e Copa do Mundo (sim, meu tema de dissertação envolve tudo isso hehe), mas não sei com que frequência vai ser isso.

Se vocês quiserem enviar uns pensamentos positivos, rezas, mandingas ou só um #forçaBruna (hahah), ficarei muito feliz. Depois do dia 26, prometo que volto mais postadeira do que nunca e  absolutamente C H E I A de novidades pra contar.

 

A vida anda mesmo de cabeça pra baixo #bubblefootball #bubbleball #berlin #aufnkopf #upsidedown

Um vídeo publicado por Bruna Passos Amaral (@cordeuva) em

Um beijo e até 27 de junho,

 

Bruna

Pra quem não entendeu o que eu tô fazendo dentro de uma enorme bolsa de plástico, é bubble football 😛 No dia em que a gente foi fazer isso, tinha uma TV alemã fazendo essa matéria aí dá pra ver exatamente o que é.

COMENTÁRIOS

  • Marcelo

    Bruna, em primeiro lugar boa sorte na sua dissertação! Tenho plena consciência de como isso da trabalho. Em segundo, sei que não é o assunto desse artigo, mas é o único que estou conseguindo abrir a aba de comentários aqui no trabalho, onde quase tudo na internet é bloqueado. rsrsrs Então, juntando isso com o fato de que vc falou que está priorizando comentários aqui no blog a emails para responder, vou perguntar por aqui mesmo: no segundo semestre deste ano estarei fazendo uma série de applications para universidades e programas de bolsa ao redor do mundo. Minha dúvida é em relação às cartas de recomendação; acredito que não é conveniente ficar pedindo, toda vez que for aplicar para algum lugar, para o professor abrir o email e escrever novamente, ou mesmo para entrar no site da universidade toda santa vez, cadastrar o email dele, ou ainda ter que fazer cadastro no site e gerar um login e uma senha… entende o meu ponto? Não tem como eu ficar pedindo carta de recomendação pro professor toda hora. Então gostaria de saber como lidar com essa situação.. É possível eu manter minha intenção de fazer muitos applications mesmo com esse entrave? Como você acha que posso contornar isso?

    Muito obrigado!

    • Marcelo, obrigada. Tua dúvida faz bastante sentido. Mas assim, acho que antes de tudo você deve conversar com o professor (ou os professores) para quem você vai pedir carta de recomendação. Fale com eles abertamente de que você deseja aplicar para cursos diferentes, explique o processo de recomendação de cada universidade e pergunte se eles poderiam ajudar você nisso. Acho que é importante deixar claro pra eles que é importante e que você fará de tudo para que eles não tenham trabalho demais. Por exemplo, um chefe meu precisava escrever uma carta pra mim uma vez, ele escreveu em português, eu traduzi ele só comparou as duas versões e assinou. Tem que conversar abertamente e mostrar que se eles forem ajudar você, você fará de tudo para que não fique pesado pra eles, entende? Se for o caso, até perguntar quantas recomendações eles estariam dispostos a mandar e tudo mais. Na minha opinião, é o jeito mais fácil.
      Abraço e boa sorte

      • Marcelo

        Muito obrigado pela resposta e pela dicas valiosas, Bruna. Você é 10! abração

  • Diego Queiroz

    Te esperamos de volta, Bruna!
    Bom trabalho!