Início » High School » “Quem faz intercâmbio repete o ano?” respostas para as principais dúvidas depois de fazer High School no Exterior

Quem faz intercâmbio repete o ano? Como é a vida depois do intercâmbio: de High School

Quer fazer intercâmbio durante o Ensino Médio é demais, eu já falei aqui a semana inteira. Mas, tá, e quais as consequências que isso tem na vida de um jovem? Como fica o andamento dos estudos aqui no Brasil? Quem faz intercâmbio repete o ano? E o vestibular? E adaptação na volta? Com a ajuda do Luan Oliveira, coordenador de High School da World Study, e da Mônica Rohr, psicóloga que lida com a preparação de jovens para intercâmbio na mesma empresa, reunimos as respostas algumas das principais dúvidas sobre como fica tudo depois de fazer High School no Exterior:

 

Quem faz intercâmbio repete o ano na escola aqui no Brasil?

Não. Pelo contrário. Todo o aluno ganha credito quando ele faz um intercâmbio. Exceto quando o intercâmbio é para Argentina ou Japão – esses países não dão o histórico escolar para o aluno quando ele volta ao Brasil. Aí, sim, tudo cursado no Exterior não conta  no currículo escolar aqui, porque você não possui provas do que fez fora. Em todos os outros destinos, o aluno recebe o histórico escolar, ou transcript, e pode validar tudo que estudou durante o intercâmbio. A regra é a seguinte, o Ministério da Educação (MEC) determina que, obrigatoriamente, o estudante curse Matemática, Língua (a local), Ciências (deve escolher entre Química, Física ou Biologia), Estudos Sociais (História, Geografia ou similar) e Educação Física para que os estudos possam valer. Além dessas disciplinas, o intercambista poderá escolher matérias eletivas.

 

Como se preparar para evitar problemas na validação?

Para isso é bom conversar com o diretor da escola brasileira antes de ir para o Exterior. Porque o validar depende muito da escola no Brasil. É importante perguntar qual é a carga horária das disciplinas exigida para aceitá-lo na volta. Como o Luan explica: “antes de pensar em viajar, é interessante o aluno conversar com o diretor da escola e ver se ele vai aceitar o histórico validado depois do intercambio. Aqui na World Study, geralmente não temos problemas com isso, mas tudo pode acontecer. Vale lembrar ainda que os alunos internacionais não recebem diploma de conclusão no exterior, somente o transcript do que foi cursado.”

 

>>Veja todos os posts da série sobre intercâmbio no Ensino Médio

Quais os documentos necessários para validar os estudos no Brasil?

Antes do ano letivo acabar, os alunos devem solicitar a escola um histórico com as matérias cursadas e as notas. O documento tem que ter o selo seco da escola e assinatura do diretor. É importante pedir com antecedência porque, sem esse documento, você não pode validar seus estudos feitos no Exterior aqui no Brasil. Assim que você tiver o documento em mãos, é necessário que o Consulado Brasileiro na região valide. Uma boa dica é ligar para o consulado mesmo  antes de você ter o histórico em mãos para conferir as exigências sobre o formato do documento para poder validar, qual o procedimento para envio e recebimento e também qual a taxa para isso.

 Todo o processo deve ser feito no Exterior! Os documentos sem a validação do consulado brasileiro no Exterior não têm validade. Por isso: não deixe para a última hora e faça tudo você mesmo. A sua família hospedeira não tem obrigação nenhuma de fazer isso por você e, no geral, quando os intercambistas deixam essa tarefa para outras pessoas e voltam ao Brasil, a chance de dar problema é bem grande. O material validado pelo consulado precisará ainda ser traduzido para o português por um tradutor juramentado. Só depois de tudo isso o estudante poderá comprovar a escolaridade obtida no exterior. Durante o meu intercâmbio na, Alemanha em 2003/2004, fiz tudo isso sozinha. É mais simples do que parece, mas precisa ser feito com atenção e antecedência.

E o vestibular, como fica?

Eu já disse aqui em outras ocasiões que não sou a favor de entrar na universidade jovem demais, mas isso é uma opinião minha, né, e ninguém é obrigado a concordar. Cada um sabe quando está pronto para fazer vestibular. Ainda assim, um intercâmbio jamais é um atraso na vida de alguém e vestibular tem todo o ano. Conhecer novas maneiras de aprender e estudar em uma outra língua certamente vão deixar você mais inteligente e esperto. Além disso, o que você aprende como ser humano numa experiência de intercâmbio não tem preço. São ensinamentos sobre persistência, independência, empatia e resiliência que vão mudar pra sempre a sua vida. Só quem fez intercâmbio durante o colégio sabe o que isso significa e o impacto que a experiência tem na vida adulta. E eu garanto, a maturidade que você ganha em um ano de High School certamente vai ajudar você a enfrentar o vestibular com muito mais tranquilidade.

 

Leia mais posts da série tudo sobre high school:

> 5 motivos por que High School é o melhor tipo de programa para aprender um idioma fluentemente
>>> “Quem faz intercâmbio repete o ano?” respostas para as principais dúvidas depois de fazer High School no Exterior
>>> Quanto custa fazer intercâmbio no Ensino Médio?

E existe choque cultural ao contrário?

Ahm. Sim. Sempre rola um pouquinho de stress na readaptação, mas faz parte. De acordo com a Mônica, “Não existe tempo certo para que esta readaptação aconteça. Algumas pessoas mudam tanto sua forma de pensar, agir e ver o mundo que não conseguem retornar aos hábitos antigos, amizades antigas e precisam fazer outras novas, de acordo com os novos interesses. Não tem um problema mais comum. Há quem estranhe voltar para a casa dos pais e toda a superproteção, dá bastante saudade dos novos amigos e o novo estilo de vida que estava amando. Todas são situações que podem ser problema e dificultar um pouco a readaptação”. Mas logo a rotina vem e não sobra muito tempo para sofrer, não. Eu que já fui e voltei um montão de vezes sei que nunca é fácil, mas a gente sempre aprende muito sobre a gente mesmo e sobre as pessoas de quem a gente gosta no processo.

E tem algo que ajude a diminuir o impacto da volta depois um intercâmbio?

Isso sempre é um pouco difícil de fazer, porque implica começar a pensar na volta antes de ela acontecer. A Mônica explica que, como é uma questão que gera sofrimento, normalmente as pessoas não gostam de entrar em contato. No entanto, pensar no assunto, conversar com os amigos (daqui e do país onde você fez intercâmbio), com a família hospedeira, com a família aqui pode ajudar minimizar os impactos da volta! Outra coisa, depois de um ano fora, rever todo mundo, voltar pro seu quarto, pros seus amigos, comer feijão, pastel e brigadeiro é tão bom! Aí, voltar não tem como ser ruim 😀

 

Como funciona o intercâmbio durante o Ensino Médio ou High School

O intercâmbio de High School é voltado para jovens entre 15 e 18 anos (em alguns casos, jovens de 14 e 19 anos também podem participar) que querem cursar um semestre ou um ano do Ensino Médio no Exterior.  Para poder se inscrever, os jovens devem ter boas notas aqui no Brasil e muita disposição para mergulhar em uma nova cultura e aprender um idioma. Durante o período no Exterior, além de aprender a língua, os intercambistas frequentam a escola como qualquer jovem local. Os períodos de embarque geralmente ocorrem entre julho e agosto e janeiro e fevereiro. Os países disponíveis são os mais variados: Estados Unidos, Inglaterra, Canadá, França, Japão, Alemanha, Austrália  e muitos outros.

> Veja bolsas para fazer high school no Exterior 

COMENTÁRIOS

  • gabriela cordeiro

    por exemplo eu quero fazer um ano no high school, mas quero fazer nos eua aí o período de aula lá é diferente do daqui (as aulas começam no segundo semestre) se eu for no segundo semestre e voltar no primeiro semestre para cá eu perco o ano aqui??

  • Ana

    Oi! Voce sabe das novas regras pra validar o intercambio? Se eu nao mando os documentos pro consulado, pra onde e o que eu devo mandar?

  • Eliza Zatoni

    Eu posso fazer somente o segundo ano do ensino médio no exterior sem voltar um ano?

    • Eliza, por isso, você deve conversar com sua escola no Brasil sobre qual o melhor procedimento. Para poder validar o ano no exterior, você vai ter que cursar todas as matérias que você teria naquele ano no Brasil só que no Exterior. O problema é que a maioria dos países tem um sistema educacional diferente e por isso se você vai perder o ano ou não acaba sendo uma decisão tomada junto com a escola aqui e não é algo que eu possa avaliar de fora.

  • Lara Britto

    Eu queria saber se por exemplo, vc for p EUA em dezembro, vc pega lá qual ano? Digamos q eu esteja no 2o ano do EM, qnd eu chego lá, eu faço de novo a segunda metade do 2o (e fico meio ano atrasada), a segunda metade do 3o (e fico meio ano adiantada) ou espero até o ano seguinte para começar certinho o 3o, mesmo ficando 6 meses sem aula?

    • Lara, tudo isso depende da sua escola aqui no Brasil, das suas notas, do seu nível de inglês e da escola nos Estados Unidos. Por isso, é impossível eu te responder essa pergunta 🙂

  • Reinaldo Jose Tonete

    Minha filha tem real chance de fazer um curso preparatório para cursar medicina em uma universidade dos Estado Unidos e ainda com real chance de conseguir uma vaga nesta universidade para cursar medicina. Ocorre porem que a escola que ela faz o ensino médio aqui no Brasil, não vê como abonar as faltas que ela terá neste período.
    Voes podem por favor me orientar?? Agradeço.

    • Reinaldo, você tem duas opções: conversar com a escola dela aqui no Brasil ou trocar sua filha de escola.

  • Mayra Beatriz

    Eu gostaria de saber se por exemplo, vc vai sai do Brasil pra fazer o intercambio no meio de um ano e volta na metade do proximo, esses 6 meses que vc perdeu de aula vc consegue recuperar e continuar normalmente ou tem que refazer o ano que se fez no exterior

    • Dina Silvestre

      muito interessante essa perguta

    • Mayara, por isso conversar com sua escola no brasil antes de ir é fundamental: isso vai depender do que você cursou no exterior e se sua escola aqui vai aceitar aquelas matérias como válidas.

    • Joaoa

      Oi! Você vai ter que trazer um documento atestando que você teve as matérias obrigatórias no Brasil para a escola poder contar como “ano letivo”, mas antes é melhor você conversar com o diretor!

  • Jane Davis

    Pessoal eu terminei o meu ensino médio no Brasil em 2000 e estou fazendo high School na Califórnia na escola de adultos . Totalmente diferente do Brasil . Eu aconselho repetir. Eu msm estou repetindo p botar entrar numa universidade aqui. Sou aluna de escola pública no Brasil pessimo meu ensino médio . Aqui estudamos tudo diferente

  • Maria Clara

    É possível fazer intercambio repetindo o 3° ano? Por exemplo, a pessoa termina o 3° ano em 2017 e refaz o 3° ano no intercâmbio em 2018.

    • Impossível não é. Depende da sua escola no Exterior se eles vão aceitar. Muitas escolas não aceitam isso porque acreditam que aí os alunos não se comprometem em estudar.

  • Milena

    Gostaria de saber se 1 semestre de intercambio pode repetir

  • Pedro

    Se eu estou no segundo ensino médio aqui no Brasil se eu fizer um intercambio eu volto para o primeiro?

  • vitoria gomes

    Olá, estou no primeiro ano do ensino médio. Gostaria de saber uma coisa. Se eu me inscrever em uma bolsa da AFS ou UWC quando abrirem as inscrições, provavelmente (se for selecionada) viajaria no segundo semestre de 2017. Sendo assim, eu cursaria o primeiro semestre do segundo ano no Brasil e depois cursaria o segundo ano completo no exterior?
    Digamos que eu me enrolo um pouco com essas datas!
    Obgd!

  • Alice Palmeira

    Olá, eu queria estudar o último ano do Ensino Médio no Japão (estou no 1º), eu teria que validar minhas notas?

  • Alice Palmeira

    Olá, eu queria estudar o último ano no Japão, vou precisar validar minhas notas?

  • Maria Eduarda

    Oi, Bruna! Estou atualmente terminando de cursar o 2° ano aqui no Brasil e planejo fazer um intercâmbio em Agosto do ano que vem para os Estados Unidos. Mas é questão é que eu teria de sair no meio do 3° ano, tu acha que com o ano de ensino lá fora eu conseguiria validar aqui para ganhar o diploma de conclusão do Ensino Médio? Aliás, ótimo blog, me ajudou muito!!

    • Maria, depende das matérias que tu cursar. Eu fiz exatamente isso e tive que cursar matérias extras que não fiz no exterior (tipo português) num supletivo. Mas no fim das contas, tudo deu certo e olha eu aqui 🙂

  • Ana Carolina Lara

    Eu repeti de ano e estou fazendo eja , posso fazer o 4º ano do high school explicando a situação o porq , acha q eles podem entender? Eu tenho notas boas principalmente em inglês que eu gabarito , eu tenho interesse fazer universidade lá na okland university

    • Ana, depende do tipo de programa pro qual você se inscreve. A maioria das bolsas, infelizmente, não aceita repetente

  • Isabel Varela

    Estou muito confusa, necessito de algumas informacoes, tenho duas filhas, estamos nos EUA desde 2012. Minhas filhas estudaram aqui desde que chegamos, uma esta acabando o High School agora em Junho/2016 recebera o diploma, a outra esta cursando 10th grade. Estamos retornando ao Brasil em Julho/2016, minha pergunta e: Minha filha primeira filha podera ir direto para uma Universidade ai no Brasil? O diploma do High School podera ser validado? Minha segunda filha podera ser matriculada no segundo ano do segundo grau ai no Brasil, mesmo estando no segundo semestre? Se puder me responder agradeco muito ou me informe aonde posso obter essas informacoes, grata

    • Isabel, o ministério da educação ou a secretaria de educação de onde você vai morar é o melhor lugar para achar essas informações.

  • Katia Meieles

    Tenho algumas duvidas. Minha filha esta num intercambio e o colégio vai dar o histórico escolar com as notas. Essas notas influenciam o histórico escolar dela no Brasil? Ela pode repetir o ano aqui se suas notas não foram boas no exterior?

  • Emilly Figueirôa

    Então Bruna, estou no 1 ano do ensino médio, tenho 14 anos até ai tudo bem, mais tenho uma pequena dúvida no caso estudo em escola pública e minhas aulas só terminaram agora em fevereiro de 2016, até agora só tive a segunda prova estou indo para o segundo semestre, ainda assim eu posso me adaptar e fazer intercambio sem qualquer problema? E como faria para decidir para que escola vou ou onde vou?

  • Ester Carvalho

    Maiis uma dúvida rsrs, se eu fizesse no meio do 3° ano e quisesse voltar no meio do outro ano, sendo q meu último ano aqui ja teria acabado, ficaria tudo blz ou n poderia fazer 1 ano letivo lá?

    • Ester não entendi tua pergunta. Tu teria terminado o 3o ano ou iria no meio dele? De qualquer jeito, geralmente tu pode fazer um ano mesmo tendo terminado a escola aqui, MAS isso depende do país para onde tu vai. Tem que consultar país por país e ver quais aceitariam

  • Nathália Oliveira

    Hey Bruna ?? então… Eu infelizmente não tenho condições de pagar um intercâmbio… Por isso eu estou juntando dinheiro até 2019 pra fazer Meu terceiro ano la… Eu pretendo fazer High School Por um ano e irei tentar bolsas, Caso eu consiga dinheiro eu irei em uma agência, Então eu queria lhe perguntar algo q estou em dúvida, é em relação a Notas! Quais notas eu preciso manter? 7? 8? 9? 10? Caso eu tirar um 6 vai ser um problema? Na I Unidade eu tirei 5 em quatro matérias mas recuperei… Por Favor Me ajuda??????❤️ Assimmm, Oque você acha de Intercâmbio sem agências (planejo fazer sem agências ou bolsas)?

    • NAthália, pra conseguir uma bolsa, quanto mais altas forem as suas notas, melhor. Para fazer intercâmbio pago, o importante é só não repetir de ano 🙂

  • Ester Carvalho

    Olá Bruna,
    Bom, eu queria saber como economizar para fazer um intercâmbio High School, não é um programa muito barato e como decidi fazer só agr tenho mais ou menos 1 ano para economizar e depois me inscrever, isso pq quero fazer no meio do 2° ano ate o 3°.
    E aproveitando… se eu quiser fazer algum concurso n poderia fazer o AFS só pq estudo em escola pública?
    Caso faça no próximo ano, ja q sao lançados 1 vez por ano, nesse caso vou no meio de 2017 e volto em 2018 (como pretendo fazer)?
    Desde já, agradeçooo…
    Bjs!

    • Como economizar pra fazer intercâmbio? Economizando 😛 um bom começo é ajudar os pais a economizarem em casa, luz, água, telefone.. Maneirar nos gastos com coisas desnecessárias e muita gente também faz rifas ou vende doces pra conseguir arrecadar um dinheirinho. Eu com certeza compraria brigadeiros de alguém que me diz que está vendendo pra juntar dinheiro pra um intercâmbio 🙂

  • Maitê Louzada

    Oi Bruna,

    minha dúvida é em relação ao 4° ano do high school… estou no 2° ano e vou tentar uma bolsa para estudar um ano nos EUA, aquela da AFS, mas como la tem um ano a mais, como ficaria minha situação? o conteúdo desse ultimo ano é além do que estudamos aqui ou a matéria do ensino médio la tem uma divisão diferente? voltando para o Brasil, no caso, em maio de 2017, trazendo o histórico e as notas, eu receberia o diploma do ensino médio?

    Desde já agradeço..

    • Maitê, as matérias geralmente são bem diferentes, se você vai receber o diploma ou ter que cursar mais matérias vai depender das matérias que você cursar no exterior e se a sua escola no Brasil vai aceitar as matérias cursadas lá ou não. Por isso, conversar com a sua escola aqui é fundamental antes de ir. Além disso, é importante seguir a recomendação do MEC que falamos no post para conseguir dar equivalência aqui no Brasil

  • Layse

    Ei Bruna, to precisando da sua ajuda kkk, você sabe o porque que nós ( pré intercambistas ) é recomendado que se estude aqui no brasil seis meses antes do embarque para o EUA ? eu pergunto a minha agente e ela não sabe me responder só fala que é a orientação que ela recebe. JÁ procurei em tudo que é canto e eu não acho o porque…bjsss ( AMEI SEU BLOG)

    • Layse, não entendi muito bem sua pergunta 🙂 Você quer saber por que você precisa continuar indo para a escola durante o primeiro semestre mesmo sabendo que você vai viajar no segundo semestre é isso?
      Acredito que essa recomendação é feita porque a validação é sempre feita junto com a escola. Então, eles vão preferir que você continue estudando no semestre antes de ir, até porque aí terão suas notas e tudo mais. Além disso, você não perde nada estudando um semestre a mais, só ganha em conhecimento.

      Não sei se era essa a sua dúvida, qualquer coisa, pergunta aí de novo 🙂

      • Layse

        Ei Bruna, é mais o menos isso kkkk é que eu estou no segundo ano do ensino médio e vou estudar um ano fora…quando eu voltar eu vou entrar na metade do terceiro ano..queria saber se esses 6 meses que estudei aqui no Brasil vão valer quando eu voltar .

        • Layse, isso você tem que ver certinho com a sua escola no Brasil. Mas assim, eu não te recomendaria não estudar esses seis meses antes de viajar. É super ruim quando a gente para e perde o embalo da coisa, entende? Como eu disse antes, você não vai perder nada por estudar seis meses a mais que os outros.
          beijo

  • Nathalia Amorim

    Parabéns, Bruna!!!!
    Ótimo texto.
    Fiz 3 intercâmbios, mas nenhum foi High School. Fui para Toronto – Canadá, Nova York – EUA e Playa del Carmen – México. Os dois primeiros para estudar inglês e o último espanhol.
    Acho que temos que incentivar cada vez mais pessoas a fazer intercâmbio, pois é uma experiência que vai muito além de aprender um novo idioma. Você vivencia coisas que levará para toda a vida. Tenho um blog detalhando minhas aventuras e caso julgue interessante, deixo o contato para “trocarmos figurinhas” http://www.viagensdanath.blogspot.com.br

  • Amanda

    Olá!!! Bem, estudo em um colegio em tempo integral, eu quero fazer o 3 ano no exterior, sei que vou perder o meu curso tecnico. Mas assim, quando eu voltar a escola poderá aceitar os meus documentos comprovando que estudei no exterior? Ou não, por que no intercambio não fiz o tecnico?

    • Amanda, então, justamente por isso é muito importante conversar com direção da sua escola no Brasil antes de ir. A validação vai depender deles, então eles que precisam ver isso com você.

  • Ayslan Miguel

    eu ja conclui o ensino medio no Brasil , tem como eu cursar o quarto ano do high school deles , mais pra adaptaçao e ganho de experiencia ?

    • Depende do país, do programa e da sua idade. Muitos países não aceitam alunos que já concluíram o Ensino Médio. Então, entre em contato alguém que ofereça um programa que te interesse. Eles vão saber te orientar da maneira correta 🙂

  • matheus

    Se eu não fizer ed física nos EUA,eu perco 6 meses de intercambio?

    • É a exigência do Ministério da Educação. Sem essas matérias, você não pode validar os estudos no Brasil

      • matheus

        Faço aula de saúde,participei no clube de futebol e vou na academia. Alguma dessas opções contam como ed física?

  • Pingback: Tudo sobre High School: série vai falar sobre intercâmbio no Ensino Médio()