Início » intercâmbio » Precisa saber inglês para fazer intercâmbio?

Todo mundo me pergunta se precisa saber inglês para fazer intercâmbio? A resposta é sim, não e depende. No vídeo abaixo, eu explico tudo bonitinho com comentários sobre diferente tipos de intercâmbio como High School, curso de idiomas, intercâmbio na universidade e intercâmbio para fazer pós-graduação. Além disso, tem bastante da minha experiência pessoal e de tudo que eu já vi nesses mais de 10 anos de intercâmbio (!)

Clica aí e assiste 😉

 

Assistam, comentem e sugiram novos temas que vocês gostariam que eu abordasse no canal do Partiu Intercâmbio no YouTube ou em textos aqui no site. Ah, e se alguém discordar de tudo aí no vídeo sobre se precisa saber inglês para fazer intercâmbio, por favor, manifeste-se nos comentários e me conte a sua história. Adoro ficar sabendo das histórias de vocês e sempre respondo os comentários deixados aqui no blog. Além disso, acho bem legal ter diferentes pontos de vista da mesma coisa pra enriquecer o debate por aqui. Então, não se acanhem e falem comigo nos comentários!  🙂

>>> O que precisa para estudar na Europa?

Pra não perder nenhum vídeo, é só se inscrever no canal do Partiu Intercâmbio no YouTube! E para receber todas as nossas novidades no conforto do seu e-mail, é só se cadastrar na nossa newsletter.

COMENTÁRIOS

  • Igor Pereira Soares

    Olá Bruna tudo bem? Assim, o próximo ano quero estudar nos Estados Unidos, o meu inglês é básico, bem fraquinho, mais eu sempre tive muita força de vontade e esse é meu objetivo, o que eu faço? tenho um pouco de medo de me perder nos estudos lá, sei que isso não irá acontecer por que a força de aprender é maior, mais me de umas dicas Obrigado! E a questão das bolsas e cursos lá se puder me ajudar, agradeço muito!

  • Jonathan Junior

    Olá Bruna, achei seu video muito interessante, tenho 24 anos, esse ano me formo na universidade, e necessito do inglês, perdi muito tempo e nunca fui atrás desse imenso detalhe, queria cursar idioma no exterior, más o conhecimento que eu tenho do inglês é o básico do básico,tenho um receio muito grande pois não conheço como funciona o curso de idiomas e se posso fazer o nível básico.

  • Skarllety Oliveira

    Oi, Bruna. Tenho 20 anos e sou universitária. Agora em setembro, farei intercâmbio de 6 meses na Inglaterra, porém tenho um inglês básico (e por sinal bem fraco). Estou bem assustada, mas bem determinada e disposta a aprender e me desenvolver. E gostaria de saber sua opinião. Acha que dá pra eu aprender? Vale a pena? Já viu casos parecidos (intercambistas com inglês iniciante)?

    • Skarllety, se você vai aprender ou não vai depender unica e exclusivamente de você! Medo faz parte e medo é bom 🙂 use seu medo para não ficar parada! Já vi muita gente que viajou sem saber nada e voltou fluente, mas pra isso é necessário ter muito foco e muita vontade de aprender. Se depois do intercâmbio, você quiser contar sua história aqui no blog, é só entrar em contato!
      beijo e boa sorte nos estudos

  • Leon Tastor

    Como eu posso ficar sabendo que vai abrir inscrições para bolsas?

  • Kennedy Woods

    Hi Bruna, Já terminei o ensino médio, tenho um estudo basico do ingles e Tenho muita vontade de fazer a Faculdade no exterior, me informaram que o melho lugar seria o Canada e a Nova Zelandia, Não tenho como Custear uma faculdade lá fora, gostaria de saber como que eu faria para conseguir uma bolsa de estudos para faculdade, Nas Férias daria para arrumar um emprego.

    • Kennedy, você já deu uma olhada aqui no site? Temos muitos posts explicando sobre os passos para estudar no Exterior. A pergunta assim tá muito abrangente 🙂 eu ia levar dois anos pra responder direitinho. Dá uma olhada nos posts aqui!
      beijo

  • Emilly Figueirôa

    oi Bruna, bom a minha dúvida é a seguinte, não sei muito inglês o que sei é um básico bem básico, eu perderia o ano se fosse fazer um intercambio em um pais inglês?

    • Emily, depende. De que tipo de de intercâmbio você está falando? Na faculdade? No colégio? Além disso, tudo vai depender unica e exclusivamente do quanto você vai estudar e se esforçar enquanto estiver fora e também do objetivo do seu intercâmbio 🙂

  • Marina

    Olá Bruna, Tudo bem?

    Eu tenho uma dúvida que não é muito relacionada com este tópico do
    Inglês, você sabe se eu consigo fazer uma pós tendo uma formação em
    licenciatura em artes visuais, se as licenciaturas são aceitas na
    Alemanha ou na Irlanda por exemplo? Já pesquisei isso e não consegui
    achar a resposta. Como você já fez alguns intercâmbios talvez saiba.

    Você poderia postar algo sobre o assunto, várias pessoas tem essa dúvida.

    • Aqui na Alemanha não sei como fica pra validar licenciatura não… afinal, pra ser professor de escola tem todo um processo de estágio e de provas que dura mais de ano. Acho que é um pouco difícil de conseguir reconhecer sem o Refendariat, especialmente se for pra dar aula em colégio secundário

  • henrique

    bruna, eu vi se vídeo umas 5 vezes já, eu achei muito interessante tudo o que você falou e tal, mas eu queria saber assim, eu “dormi” e acabei vendo que a AFS da bolsa pra alunos cursarem o ensino médio em outro país agora. eu queria saber o seguinte. Eu a vida inteira tive um período de inglês por semana, mas sempre aprendi e sempre tirei notas boas, eu queria saber se msm com o inglês não muito elevado eu teria alguma chance de ganhar essa bolsa? eu queria ir muito pro Canadá ou pros EUA, é muuuito dificl de ficar la? as pessoas te ajudam ou você tera q se virar sosinho?

    • Henrique, as inscrições ainda estão abertas. Te inscreve lá, menino. Se tu é um bom aluno e tudo mais não há razão nenhuma pra não se inscrever. Assim, um poquinho de sofirmento e “ter que se virar” faz parte de qualquer intercâmbio, mas no geral as pessoas são bem receptivas. Primeiro te inscreve, depois tu pensa 😉
      beijo

    • Henrique a bolsa da AFS ainda tá aberta! 🙂 tem mais de uma até. Inscreva-se! você só vai saber se tem chances se você concorrer 😉
      Boa parte do intercâmbio é aprender a se virar sozinho, mas você vai estar morando com uma família, obviamente, eles vão te ajudar nas dificuldades.

  • Vinicius Sant’Anna

    Oi Bruna, achei seu blog por acaso. Eu achei bacana que muita gente que estuda jornalismo veio aqui relatar suas experiências. Sabe, eu particularmente achava que a única opção possível era o Ciência sem Fronteira, e isso me desanimava muito, porque, perdoe-me se falo besteira, até onde sei não ha ciência sem fronteira para o curso de jornalismo. Bom, to com ideia de fazer um desses intercâmbios de férias (2 ou 3 semanas), e pensei em algum país aqui na América Latina mesmo (Chile, Argentina ou Uruguai) mas sinceramente não tenho a mínima ideia de, por onde começar, se gasta muito dinheiro com isso, se é fácil conseguir.. enfim.

    • CSF não tem jornalismo. Mas não desanime, várias faculdades têm convênios com universidades no Exterior. Se você vai gastar muito dinheiro com isso ou não, depende de muitas coisas: pra onde você vai, qual tipo de alojamento você vai ficar, quanto tempo vai ficar. Entre em contato com uma agência e peça orçamentos, eles podem te ajudar nessa parte 🙂

  • Lucas S.

    O áudio ficou baixinho demais, pelo menos aqui no meu computador.
    Tirando isso, ficou sensacional o vídeo! Estamos esperando pelos
    próximos 🙂

    • Sério? Pra mim, tá certinho (na real, até parece alto demais hah). Vou checar isso e quem sabe nos próximos fica melhor 🙂

      • Sei lá, vai ver que é coisa do meu computador mesmo…

      • Bianca Borges

        achei o áudio “abafado” tbm. talvez vc tenha falado longe do microfone, não sei

        • hehehe não tinha microfone 😉
          já resolvi esse problema no vídeo mais novo :*