Início » Bolsas de estudo » Larrissa Moreira conta da experiência no programa Jovens Embaixadores 2014
Jovens embaixadores relato 2015

Já informei que estão abertas inscrições para o programa Jovens Embaixadores. O programa foi criado em 2002 (participei da primeira turma aos 16 anos! Dá pra ler sobre aqui) para beneficiar alunos brasileiros da rede pública de ensino que são exemplos em suas comunidades. Sempre que as inscrições abrem, eu faço questão de fazer o maior alarde possível e imaginável porque há quem pense que é só um concurso para levar bons alunos pros Estados Unidos por três semanas, mas não é. O Jovens Embaixadores é o programa que vai mudar a sua vida, pode ter certeza.  Não fosse o JE, acho que nem esse blog existira, porque eu nunca teria feito intercâmbio e a vida seria outra. BAM. :p

 

Mas como só eu falando nunca é o suficiente 😉 hoje, a Larissa Moreira, de Minas Gerais, vai contar um pouco da história dela. A Larissa é de Betim e foi da turma de Jovens Embaixadores de 2014. Na época, ela fazia voluntariado há 7 anos na igreja local. Ela ajuda a arrecadar doações, promover eventos, visitar asilos, orfanatos.  Além disso, Larissa também dá monitoria e aulas de reforço de Inglês para alunos da escola onde estuda. Assim como a maioria das pessoas que se inscreve em concursos e bolsas por aí, a mineira não conseguiu tudo na primeira tentativa.

Larissa Moreira de Minas Gerais

Larissa Moreira de Minas Gerais

 

“Em 2012, me inscrevi pela primeira vez para os Jovens Embaixadores, porém cheguei até a fase das provas de inglês. Minha proficiência na língua não era suficiente e o nervosismo piorou a situação. Se tem algo que aprendi, é que as coisas tem um momento certo para acontecer e nada é em vão. No início de 2013, fui convidada pela Embaixada para participar de um novo programa chamado “Science Camp – elas na ciência”, conta.

O programa Science Camp reuniu 100 meninas de todo o Brasil para uma imersão científica, para incentivar as meninas a entrar nessa área profissional. Foi um semana em Brasília e outra em Manaus. A oportunidade só aumentou a vontade da Larissa de tentar de novo e finalmente ser uma Jovem Embaixadora. Desta vez, tudo deu certo e ela foi selecionada para integrar o grupo que viajou em 2014.

“Isso me fez perceber que não existem limites para os meus sonhos, e que se eu batalhar, posso alcançar cada um deles.”

 

Larissa e a turma de 2014 dos Jovens Embaixadores

Larissa e a turma de 2014 dos Jovens Embaixadores

E do momento em que recebeu a notícia de que viajaria em Janeiro de 2014 em diante, a vida de Larissa começou a mudar. Outros 36 jovens de todo o Brasil, que ela nunca tinha visto antes, se tornaram a sua família naquele período pré-viagem. Pela internet, eles conversavam e trocavam ideias sobre o que esperar da experiência que estava por vir. Em Janeiro, finalmente, eles viajaram e, na primeira semana, em Washington, DC, conheceram e entenderam como funciona a política dos Estados Unidos e tiveram cursos sobre como melhorar as habilidades de liderança. Depois desta semana, o grupo foi dividido em quatro e cada um foi para uma cidade diferente do país.

Larissa foi para Charlotte no estado da Carolina do Norte com mais nove jovens. Lá eles viveram com uma família americana, fizeram trabalho voluntário e apresentaram o Brasil para os americanos. De volta a Washington D.C, o grupo fez reuniões com membros do governo federal e visitamos pontos turísticos. Além disso,elaboraram um “Action Plan” para a melhora ou a criação de um trabalho voluntário para colocar  de volta ao Brasil.

Larrissa Moreira conta da experiência no programa Jovens Embaixadores

De volta ao Brasil, e cheia de planos para o futuro – ela quer ser diplomata e acabou e ser aprovada no programa Oportunidades Acadêmicas, por conta disso, Larissa estuda na Babson College nos Estados Unidos. Ela sabe da importância que o Jovens Embaixadores teve em sua vida:

“Ainda não encontrei a palavra em todo o meu vocabulário para descrever a grandeza dessa experiência na minha vida. Uma das maiores conquistas é, sem dúvida, o autoconhecimento. Você se encontra como pessoa. Se conhece de forma que nunca viu antes e percebe que o mundo é pequeno para todo seu potencial”

E você aí, lendo esse relato deve estar se perguntando, mas tá qual a dica que tu tá para quem busca uma vaga como Jovem Embaixador?

Larrissa Moreira Jovens Embaixadores partiu intercambio

Larisa Moreira de Minas Gerais

A Larissa responde: “Continue dando o seu melhor para você e para sua comunidade. Busque sempre melhorar o seu trabalho voluntário e sua proficiência na língua inglesa. Se você possui todos os pré-requisitos do programa e tem um espírito que se destaca pela sua liderança, iniciativa e carisma, existem grandes chances do seu nome estar na próxima lista!”

Então, não perca tempo e inscreva-se logo no Jovens Embaixadores
Tire suas dúvidas sobre o programa Jovens Embaixadores 

COMENTÁRIOS

  • adriel

    oi……entao ,eu estou me inscrevendo no J.E. e eu estou apreensivo pq eu sou coniderado um exemplo ….o programa tem total a ver cmg….mas minhas notas na escola nao são aqueeeelas coisas ,isso faz com que outro benefícios sejam esquecidos e eu seja deligado? o.0

  • Pingback: Veja um relato sobre a seleção do Jovens Embaixadores 2015()

  • Milena

    Isso Foi mesmo Incrível , A Larissa estou na minha escola e me falou do projeto, ver muitos com depoimentos é bom mas ver que alguém que bora na minha cidade, estuda na minha escola e passar por esta experiencia não tem preço é com certeza um Incentivo a Mais.

  • Davi Oliveira

    Acompanho SEMPRE seu blog e não sabia que era Jovem Embaixadora! Eu também sou, só que da edição de 2013 (11 anos depois que você, haha). É muito bom saber que tenho uma “colega” de programa aqui.:) Grande abraço!

    • Hahahaha, poxa, Davi, assim eu me sinto até velha 😛
      Mas é o tempo passa rápido e o JE segue morando no meu coração 🙂