Dicas para organizar seu intercâmbio sozinho sem agência - Partiu Intercâmbio

Fazer intercâmbio é o sonho de muita gente, mas os preços podem assustar. Você já parou para pensar que fazer intercâmbio sem o intermédio de uma agência pode sair muito mais barato? No entanto, para se organizar sozinho para fazer intercâmbio é necessário paciência, planejamento e muito foco. Veja dicas para organizar seu intercâmbio sem agência.

Como fazer intercâmbio sem agência?

Para organizar um intercâmbio por conta própria você precisa estar ciente de que você será responsável por todos os detalhes. Então, ter bastante tempo e paciência para pesquisar muito é fundamental. Fazer tudo na correria não é uma boa ideia nestes casos. Então, respire fundo e esteja ciente que não vai ser em uma ou duas buscas no google que você vai achar todas as informações que precisa. Comece fazendo uma lista de tudo que você precisa providenciar para organizar seu intercâmbio sem agência:

>> Dicas para ficar fluente em inglês sem intercâmbio

 

Defina o objetivo

Para poder fazer intercâmbio sem agência você precisa primeiro saber qual o seu objetivo com o intercâmbio. Aproveitar suas férias do trabalho para ficar fluente em inglês? Melhorar seu inglês e trabalhar? Aprender um outro idioma como Alemão ou Francês? Fazer uma pós-graduação no Exterior? Tendo o objetivo em mente, você pode ver quais os pré-requisitos para fazer esse tipo de curso no Exterior e começar a pesquisar as possibilidades de curso e países.

 

Defina o país

Quando a gente fala em aprender inglês a primeira coisa que vem na mente é estudar nos Estados Unidos, Canadá, Austrália ou Reino Unido. Mas você sabia que existem outras opções de países onde a língua oficial é o inglês e onde o custo de vida é beeem menor? Sim! Lugares como Malta e a África do Sul são boas opções para quem quer fugir dos destinos mais populares e caros. Inclua lugares menos populares ao buscar por um intercâmbio sem agência. Isso pode ajudar a cortar custos e ainda proporcionar uma experiência única.

No caso de fazer pós-graduação no Exterior, vale sempre ficar de olho porque muitos países oferecem cursos completamente em inglês mesmo que esta não seja a língua oficial do país. Países como Alemanha, Finlândia, Suécia, Dinamarca, Hungria e muitos outros oferecem cursos completamente em inglês justamente para atrair estudantes de fora.

 

Como escolher o curso no Exterior

Como escolher um curso no Exterior para fazer intercâmbio sem agência? No caso de cursos de idiomas, as embaixadas e consulados quase sempre possuem listas de cursos acreditados por órgãos oficiais para receber estrangeiros. Optar por cursos credenciados em órgãos oficiais do governo é sempre a opção que menos vai te dar dor de cabeça na hora de conseguir visto.

No caso de cursos de graduação ou pós-no Exterior, existem diversos rankings internacionais de universidades, como os rankings da QS, por exemplo, que elencam as melhores universidades em cada país ou em determinados cursos. Uma boa maneira de ajudar na escolha do curso para fazer intercâmbio sem agência é conversar com pessoas que já fizeram o curso que você procura.

Pesquisar a opinião de alunos e ex-alunos sempre ajuda a não cair em furadas. Grupos no Facebook de brasileiros no Exterior também são boas fontes para perguntar sobre referências de cursos fora.  Não tenha vergonha de mandar e-mails para o curso/escola onde você deseja estudar perguntando sobre todas as suas dúvidas, inclusive, sobre custos e formas de pagamento.  Não esqueça de perguntar se o curso/universidade auxilia com tramites do visto e também que tipo de visto você precisa solicitar para fazer o curso desejado.

Seja organizado na hora de comparar os cursos. Uma boa dica é fazer uma tabela com todos os cursos pesquisados, preços, duração, pré-requisitos e outras informações importantes para tomada de decisão de qual curso fazer no Exterior. No caso dos cursos de idiomas, fique atento às escolas que oferecem preços muito abaixo do mercado local, isso pode ser sinal de alerta e pode trazer problemas na hora de conseguir o visto de estudante.

 

Descubra de qual o visto que você precisa

Estar bem informado sobre o tipo de visto necessário para fazer seu intercâmbio é sempre muito importante ainda mais quando você faz intercâmbio sem agência. Tenha muita calma e paciência nesta hora porque fazer a pesquisa por conta própria Essa pode ser uma das partes mais chatas de fazer por conta própria, vai exigir bastante pesquisa na internet. Se a intenção é ficar mais de 90 dias, é praticamente inevitável precisar de um visto, se o caso é de ficar menos que isso, muitos países não exigem visto para brasileiros, é uma questão de pesquisar.

Se você precisar do visto, certifique-se que possui todos os documentos necessários antes de dar entrada. Peça para a escola que vai estudar enviar uma carta para você apresentar no consulado. Em alguns casos você vai precisar traduzir seus diplomas de forma juramentada, uma licença que é disponibilizada somente para alguns tradutores, então pesquise bem e confirme antes de fechar com alguém.

Onde morar durante o intercâmbio

Na hora de escolher onde você vai morar existem muitas opções: apartamento compartilhado, airbnb, moradia estudantil ou casa de família.Todas as opções têm prós e contras e interessante é você colocar tudo numa lista para poder comparar. Em todas as escolas que você contatar pergunte se eles oferecem algum tipo de acomodação no pacote. Muitas vezes as escolas têm até algumas ofertas com refeições incluídas o que pode ser muito prático. No caso de morar com um host family, você tem que estar pronto pra conviver com pessoas e tentar se integrar como parte da família.  No caso das famílias e também de acomodações como airbnb é sempre muito bom perguntar antes de fechar sobre coisas básicas que parecem óbvias como: vou poder utilizar a cozinha? vou poder usar a máquina de lavar roupa? Já ouvi muita história de gente que não se certificou disso e depois acabou tendo problemas. Se seu curso for na universidade, pergunte sempre pela opção de moradias estudantis. Em muitos países elas são baratas e razoáveis.

Os grupos de facebook de brasileiros também podem ser uma boa opção. Só tome cuidado e nunca efetue pagamentos para desconhecidos antes de efetivamente ver o quarto/casa.  O importante é você ter onde morar pelo menos nas primeiras semanas. Estando no lugar é bem mais fácil achar algum lugar mais barato e com boa localização.  A dica é evitar lugares muito longes da sua escola, o que economiza no aluguel você pode acabar gastando com transporte. Sempre avalie bem as opções. Além disso, uma boa localização é fundamental para gastar bem o seu tempo livre!

Economize nas passagens aéreas

Existem milhares de maneiras para economizar na hora de comprar passagem área. Os preço das passagens podem variar muito. Saber quais são os períodos de alta temporada no país para onde você vai ir é uma ótima dica para evitar preços exorbitantes. Outra dica é comprar as passagens com pontos de programas de milhas. A maioria dos cartões de crédito dá pontos que podem ser trocados por passagens áreas. Além disso, ficar de olho em sites que avisam sobre passagens com descontos, como Melhores Destinos, é sempre uma boa forma de economizar para fazer seu intercâmbio sem agência.

Dependendo da sua idade e do seu tipo de curso, também é possível comprar passagens de estudante com desconto e validade de até um ano. Consulte agentes de viagem e sempre pergunte se eles oferecem passagens de estudante e quais as condições para sua compra.

 

Seguro

Imagina a treta que é ficar doente no Exterior e não ter seguro? Óbvio que a gente não se planeja pra estudar fora pensando nos problemas, mas ter seguro saúde é muito importante para não ficar na mão no caso de algum imprevisto durante o intercâmbio. Você vai encontrar todo tipo de preço e serviço. Pesquise as empresas  e suas coberturas e peça opinião de quem já precisou usar o seguro internacional.

Para quem toma medicações controladas ou contínuas, é importante levar a medicação ou uma receita do seu médico em inglês. Em muitos países, você não vai conseguir comprar quase nada na farmácia sem receita. Então, caso você saiba que vai precisar de alguma medicação é  bom levar com você.

Ver todas as bolsas

Ah, toda terça-feira tem vídeo novo no canal no YouTube do Partiu IntercâmbioAssina aí pra não perder nadinha. A gente também está no Instagram, no Flipboard e no Twitter. Nesses canais, eu falo mais sobre como ganhar bolsa para fazer intercâmbio, como fazer carta de motivação e mais um monte de coisas. Obviamente, eu também respondo dúvidas. Só deixar elas aqui nos comentários do post 🙂

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *