Início » Bolsas de estudo » Como fazer mestrado no Reino Unido? veja como se candidatar e as possibilidades de bolsa
Foto: Partiu Intercâmbio

Foto: Partiu Intercâmbio

 

Um levantamento muito legal da QSCourses, empresa que auxilia na busca de cursos de pós-gradução no Reino Unido, resultou em um guia para brasileiros que desejam fazer mestrado no Reino Unido, que eles enviaram pro Partiu Intercâmbio nesta semana. O passo a passo vai da busca pelos cursos, até a admissão no Reino Unido, opções de financiamento e os requisitos de visto de estudante. Dei uma complementada com umas informações de minha parte 😉 assim que der quero fazer um guia destes sobre mestrado na Alemanha, afinal, desde que divulguei que “estudar na Alemanha é barato, só você que não sabe” tenho recebidos um monte de -mails. Mas tá. Vamos ao que interessa:


Como funciona o processo de admissão em um mestrado no Reino Unido

A inscrição
 18 instituições no Reino Unido usam um sistema on-line centralizado admissões chamado UKPASS, eum sistema separado para cursos profissionalizantes, como enfermagem, magistério e direito. A maioria dos estudantes, no entanto,  precisar se inscrever separadamente para cada suas universidades escolhidas, geralmente é só fazer o download de um formulário de inscrição no site da universidade e quase todo o processo ocorre online.


No formulário de candidatura, você precisará incluir os seus dados pessoais, dados da sua vida acadêmica e informações sobre suas experiências profissionais. Você pode ser solicitado a fornecer:

• uma transcrição de seus cursos anteriores (em Inglês)
• prova de proficiência em Inglês, geralmente IELTS ou TOEFL
• resultados de outros testes padronizados, como o GRE ou GMAT para cursos de MBA
• prova de financiamento garantido (como bolsas de estudos) ou comprovante de recursos financeiros suficientes

Pode ser que universidade também queria fazer uma entrevista com você (por telefone ou web conferência para estudantes internacionais).

Os candidatos para cursos focados em pesquisa (MRes ou Mestrado) deverão escrever projeto de pesquisa.  Candidatos a mestrados do tipo Masters of Science (MSc), Masters of Arts (MA) ou Masters of Business Administration (MBA) podem ser solicitados a escrever uma carta de motivação e a fornecer duas cartas de referência, geralmente uma  de professor da graduação e outra de um chefe/empregador. Muitas universidades possuem um modelo específico de carta que você deve mandar para a pessoa que vai te recomendar junto com seu currículo para ajudá-los na sua carta de referência. Programe-se com antecedência: solicite a carta com, pelo menos, três semanas antes do seu prazo final.

Você vai precisar enviar todos estes documentos por e-mail ou correio (depende da universidade). Em ambos os casos, mantenha cópias de todos os seus documentos e enviar tudo com o máximo de antecedência possível. Os cursos no Reino Unido tendem a começar no final de setembro ou início de outubro, os prazo de inscrição geralmente terminam em janeiro  do ano do início do curso. No entanto, muitos cursos de pós-graduação também aceitam inscrições de forma contínua. Se você estiver inseguro sobre qualquer parte do processo, não hesite em enviar um email ao escritório de admissões ou departamento relevante da universidade onde você quer estudar para esclarecer as dúvidas.

Requisitos para fazer mestrado no Reino Unido

Os requisitos de acesso para os cursos de pós-graduação é, muitas, um bacharelado ou licenciatura de uma universidade brasileira reconhecida. A média de nota que você deve ter na graduação geralmente varia entre 7,5  e  8,5 (para as universidades mais concorridas)Os estudantes que não cumpram os requisitos mínimos, muitas vezes, são considerados para os programas de pré-mestrado das universidades.

Financiamento e bolsas para estudantes do Brasil

Existem diversas bolsas de estudo e oportunidades de financiamento disponíveis para os estudantes internacionais, varias específicas para estudantes do Brasil. No próprio site da universidade, muitas vezes você encontra dados sobre bolsas de estudos e outras possibilidades de financiamento. Algumas das bolsas mais conhecidas para estudar no Reino Unido estão no buscador de bolsas do Partiu Intercâmbio, óbvio! E algumas das fundações que as oferecem são (caso alguém lembre de alguma que faltou, só avisar nos comentários):


Programa Chevening
Scholarships
Fundação Estudar Bolsas
Instituto Ling: para cursos nas áreas de direito e administração
CAPES
CNPq
 Bolsa Louis DreyfusWeidenfeld e Programa de Liderança
Instituto Ling: para cursos nas áreas de direito e administração

Requisitos para visto de estudante no Reino Unido para estudantes brasileiros
Todos os estudantes internacionais que desejam estudar no Reino Unido devem obter visto de estudante do tipo Tier 4 (General) visto de estudante (aqui tem um guia oficial do governo Britânico com tudo que você precisa saber sobre o visto). Você pode aplicar para o visto até três meses antes da data de início do seu curso. Para isso, você precisará fornecer:

o seu passaporte (lembre que ele precisa ser válido até o fim do seu curso)
uma fotografia recente
sua “Confirmação de Aceitação de Estudos(CAS)
prova de proficiência em Inglês
prova de fundos suficientes
evidência de suas qualificações acadêmicas

A taxa do visto é de £ 310 ( aproximada mente R$ 1 258). Com o visto Tier 4 (general) você está autorizado a trabalhar, muitas vezes há um limite para o número de horas por semana de trabalho durante o período letivo. Durante as férias, o trabalho está librado em tempo integral.

Mais informações sobre cursos no Reino Unido, vocês podem encontrar no buscador de cursos de mestrado da QS.

COMENTÁRIOS

  • Jamile Chadud

    Ola Bruna, as informações foram muito úteis. Entretanto, fiquei com uma dúvida: é preciso requerer a uma bolsa antes de aplicar para o mestrado em alguma universidade ou depois?

    Além disso, as universidades aceitam bolsas de programas específicos citados am seus sites, ou posso aplicar para qualquer uma no Brasil?

    Obrigada desde ja,

    Jamile

  • Pingback: Bolsista dá dicas sobre o processo de seleção Chevening para bolsas no Reino Unido()

  • Avariando

    Olá Bruna. Obrigado pelas informações. Minha questão é a seguinte: você saberia informar, para quem não deseja voltar ao Brasil após o curso, alguma sugestão de bolsa? Para quem atende aos critérios de elegibilidade (IELST, boas notas, etc) dá para arriscar se inscrever e tentar financiamento depois? Os trabalhos em meio período possibilitariam pelo menos um custeio básico? O maior medo é não conseguir pagar as contas e ter que voltar ao Brasil no meio do curso…

    Muito obrigado!

    • Olha, a maioria das bolsas exige que você volte ao Brasil. Não conheço nenhuma (pro Reino Unido) que não exija isso :/ As próprias universidades podem orientar bem sobre como podem ser feitos financiamentos para quem tem interesse em estudar lá sem ter a grana todo ainda. Alguma reserva você vai ter que ter (para atender os critérios de visto e tudo mais). Eu não tenho muuuuita experiência nessa parte para te ajudar, mas vou falar com as minhas fontes e vou tentar montar um post respondendo melhor suas dúvidas, pode ser?
      Abraço1

    • Olha, a maioria das bolsas exige que você volte ao Brasil. Não conheço nenhuma (pro Reino Unido) que não exija isso :/ As próprias universidades podem orientar bem sobre como podem ser feitos financiamentos para quem tem interesse em estudar lá sem ter a grana todo ainda. Alguma reserva você vai ter que ter (para atender os critérios de visto e tudo mais). Eu não tenho muuuuita experiência nessa parte para te ajudar, mas vou falar com as minhas fontes e vou tentar montar um post respondendo melhor suas dúvidas, pode ser?
      Abraço1

      • Avariando

        Bruna, objurgado mais uma vez. Estou estudando alternativas para ficar trabalhando por um tempo na Europa após um período de estudos. Mas está cada vez mais difícil para não europeus…abraço e parabéns pelo seu trabalho.

      • Ingrid Moraes

        Tenho interesse em saber também! Obrigada!!!