Bolsas de mestrado em Turismo na Espanha, Dinamarca e Eslovênia

Início » Bolsas de Estudo » Bolsas de mestrado em Turismo na Espanha, Dinamarca e Eslovênia

Bolsas de mestrado em Turismo na Espanha

O Erasmus Mundus European Master in Tourism Management é um programa de mestrado em Gestão de Turismo sediado e organizado por três universidades europeias: uma na Espanha, outra na Dinamarca e uma terceira na Eslovênia. Quem quer se candidatar para próximo ano acadêmico e concorrer a bolsas de mestrado em Turismo deve enviar sua candidatura até o dia 15 de fevereiro.

O curso de dois anos tem o objetivo de preparar futuros profissionais para assumir responsabilidades em instituições de turismo através de decisões sustentáveis e efetivas. Ele fornece um conhecimento integral sobre as dinâmicas do desenvolvimento do turismo, a gestão sustentável, o papel da diversidade cultural e a inovação.

No primeiro semestre do curso, as aulas acontecem na Universidade do Sul da Dinamarca; no segundo, na Universidade de Lubiana, na Eslovênia; o terceiro na Universidade de Girona, na Espanha. O quarto e último semestre é dedicado à dissertação. O curso é inteiramente em inglês.

>>> Programa do governo dá bolsas de mestrado e doutorado na França

>>> Erasmus dá bolsas de mestrado em Estudos Urbanos na Espanha e mais três países europeus

As bolsas Erasmus Mundus

Mais uma vez, como nos outros casos de bolsas do programa Erasmus, os candidatos brasileiros entram na modalidade Partner Countries (países parceiros). Ela contempla estudantes de países não pertencentes à União Europeia que não tenham residido, estudado ou trabalhado na Europa por mais de 12 meses nos últimos cinco anos.

As bolsas incluem as taxas universitárias (até 16 mil euros); um auxílio para gastos de viagem (3 mil euros por ano para bolsistas de países distantes); valor único para instalação (mil euros); ajuda de custo mensal de mil euros para subsistência durante a inteira duração programa (máximo 24 meses).

Sobre a candidatura

Para se candidatar é necessário ter graduação em turismo, economia, administração, geografia – ou em outras áreas afins nas ciências sociais ou humanas – e um histórico escolar de excelência. É preciso ter proficiência em inglês comprovada pelo TOEFL (mínimo 230 pontos: computer-based test; 575 pontos: paper-based test; 88 pontos (internet-based test), IELTS Academic (mínimo 6.5) ou Cambridge Certificate in Advanced English (mínimo nota C). A comprovação com essas provas não se faz necessária, se o candidato tiver feito a graduação nos EUA, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, Reino Unido ou Irlanda.

A candidatura para as bolsas deve ser feita no site juntamente com a application online para o mestrado até o dia 15 de fevereiro. São necessários:

  • Formulário de inscrição;
  • Curriculum Vitae (Europass EU format);
  • Cópia e tradução do diploma de graduação;
  • Comprovante de conhecimento de inglês;
  • Carta de motivação;
  • Duas cartas de recomendação;
  • Cópia do passaporte válido.

O resultado da seleção para as bolsas deve sair até março.

Veja o passo a passo sobre como se candidatar

Confira o currículo do curso

Saiba mais sobre a bolsa

>>> Carta de motivação: quais os erros mais comuns e como evitar

>>> Universidade dá bolsas integrais de mestrado na Itália

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *