Início » Bolsas de Estudo » Bolsa do governo para professores no Japão recebe inscrições

japao bolsa de estudos

Para quem sonha estudar no Japão, mas não fala nada de japonês: o Governo do Japão oferece, através do Ministério da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia (MEXT), bolsa de estudo para o programa de aperfeiçoamento de professores no Japão recebe inscrições. A oportunidade vai treinar professores e educadores do ensino fundamental e médio, com o objetivo de realizar pesquisas nas áreas relacionadas à educação em uma universidade japonesa.

Para poder se inscrever no programa, é necessário ter nacionalidade brasileira (brasileiros com nacionalidade japonesa não podem participar), ser nascido em ou após 2 de abril de 1982 e ter inglês avançado. Além disso, o programa ainda exige que os candidatos sejam graduados por uma universidade ou por uma escola de formação de professores (magistério) e tenham pelo menos 5 anos de experiência (em 1º de abril de 2016) como professor do ensino fundamental e/ou médio ou como orientador pedagógico, assistente educacional ou diretor de escola, na área pública ou privada, e estar exercendo a função atualmente. Obviamente, ter disposição para estudar a língua japonesa e frequentar aulas do idioma também é parte dos requisitos. A bolsa dura de outubro de 2017 a março de 2019 e tem valor mensal de 143.000 ienes (aproximadamente R$ R$ 3.994,00), e inclui passagem de ida e volta e isenção de taxas escolares.

Para poder realizar a inscrição é necessário entrar em contato com a representação diplomática do Japão que atende a sua região (tem uma lista certinha com links no fim do post!). A Embaixada em Brasília recebe inscrições até 24 de fevereiro, MAS é preciso ter cuidado, pois os períodos de inscrição podem variar de localidade para localidade e, como explicado anteriormente, os candidatos devem se inscrever e tirar dúvidas na representação diplomática da sua região.

Os documentos necessários para a inscrição são:

Formulário preenchido com 1 foto 3×4 recente;

– Histórico escolar (cópia simples em tamanho A4, com tradução)

– Diploma (cópia simples em tamanho A4, com tradução)

– Currículo resumido (em inglês, destacando a experiência no ensino, até 3 páginas, tamanho A4, digitado)

– Plano de pesquisa no Japão (em inglês, fonte Arial 12, mínimo de 2 páginas e máximo de 3 páginas, tamanho A4, digitado)

– Comprovação de experiência (declaração, cópia de contra cheque ou carteira de trabalho)

– Declaração do emprego atual (original, em português)

A Embaixada e alguns consulados ainda oferecem aos interessados a possibilidade de agendar horário com um orientador durante o período da inscrição, para tirar dúvidas sobre o processo de seleção e escolher as universidades pretendidas, necessário para a inscrição. Para isso, assim como para fazer sua inscrição é necessário contatar a representação diplomática responsável pela sua região:

DF, Goiás ou Tocantins: Embaixada do Japão em Brasília

Amapá, Maranhão, Pará e Piauí: Consulado do Japão em Belém

Acre, Amazonas, Rondônia e Roraima: Consulado-Geral do Japão em Manaus

Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe: Escritório Consular do Japão em Recife

Espírito Santo, Minas Gerais (exceto o Triângulo Mineiro) e Rio de Janeiro: Consulado-Geral do Japão no Rio de Janeiro

Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Triângulo Mineiro: Consulado-Geral do Japão em São Paulo

Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul: Consulado-Geral do Japão em Curitiba

Para mais informações, contate o Departamento de Imprensa e Cultura da Embaixada do Japão no telefone (61) 3442.4200.

Veja o regulamento completo do programa (em inglês)

 

>>>Veja bolsas abertas para intercâmbio no Japão
>>> Confira bolsas de estudo abertas no momento

COMENTÁRIOS