Bolsa de estudo da OEA para curso sobre regulação em Bruxelas

Início » Bolsas de Estudo » Bolsa de estudo da OEA para curso sobre regulação das telecomunicações em Bruxelas

Como outras oportunidades que já divulgamos aqui, esta é mais uma bolsa de estudo da OEA, a Organização dos Estados Americanos. Ela abre anualmente editais para diferentes tipos de cursos em diversas áreas visando beneficiar cidadãos ou residentes de países membros.

Uma das bolsas deste ano é uma parceria com a Comissão Interamericana de Telecomunicações (CITEL) para a realização de um curso sobre regulação das telecomunicações. As Masterclasses in European Telecommunications Regulation são organizadas pela Cullen Internacional e acontecem de 23 a 27 de outubro em Bruxelas.

A bolsa de estudo da OEA é integral e cobre todos os gastos: passagens aéreas, acomodação e alimentação. O curso curto oferece uma compreensão abrangente das questões regulatórias no setor das telecomunicações, com exemplos reais e estudos de caso da União Europeia.

As aulas são voltadas para profissionais experientes que desejem atualizar o entendimento sobre as questões regulatórias e pessoas que tenham começado a atuar recentemente e queiram adquirir uma visão geral dos principais debates do setor.

>>> Nestlé dá bolsa de MBA para mulheres estudarem na Suíça
>>> Programa financiado por Bill Gates dá bolsas de pós-graduação em Cambridge
>>> Programas da CAPES dão bolsas para estudar na Holanda e na Bélgica

Requisitos e candidatura à bolsa de estudo da OEA

Para se inscrever para a bolsa de estudo da OEA, é necessário:

  • Ser cidadão ou residente permanente de um país membro da OEA;
  • Ter um diploma de graduação no momento da candidatura;
  • Estar apto física e mentalmente para completar o curso;
  • Possuir proficiência em inglês (leia abaixo);
  • Não ser funcionário ou ter algum tipo de contato de trabalho com a OEA;
  • Não ter recebido nenhuma outra bolsa da organização.

Candidatos não provenientes de países de língua inglesa precisam comprovar conhecimento em inglês. São aceitos certificados TOEFL (notas mínimas: 570, 230 ou 89, dependendo do tipo da prova) ou IELTS (nota: 6.5 ou equivalente). Se você estudou em uma universidade de língua inglesa nos últimos cinco anos, basta apresentar um documento atestando o fato.

A candidatura deve ser feita no site da OEA até o dia 17 de setembro. Durante o processo de inscrição, o interessado deverá enviar em um único PDF os documentos abaixo:

  • Cópia do passaporte;
  • Diploma de graduação;
  • Histórico acadêmico;
  • Duas cartas de recomendação;
  • Curriculum Vitae (máx. 4 páginas);
  • Certificado de proficiência em inglês;
  • Ensaio sobre como a participação no curso beneficiará a sua carreira (máx. 500 caracteres com espaços).

Todos os documentos devem estar em inglês ou devidamente traduzidos. O resultado deve ser anunciado ainda em setembro.

Acesse o edital da bolsa
Saiba tudo sobre o curso
Veja o programa das aulas
Inscreva-se agora

 

>>> Confira todos os editais abertos para estudar ou trabalhar fora do país
>>> Prêmio Viva o Seu Sonho dá bolsas de estudo para mulheres

>>> Dicas para fazer a carta de motivação perfeita

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *